Canja Vegana

Canja me lembra infância. Esta sopa sempre foi uma das minhas favoritas. Bem básica, simples e muito gostosa. Lembro da minha mãe preparando canja nos dias de muito frio no inverno do sul do Brasil. Mas o melhor de tudo é lembrar que esta era a sopa que ela sempre fazia para mim quando eu ficava doente, o que além de ser um conforto, parece que tinha certos poderes mágicos de cura. Era tão gostoso comer aquela sopinha com sabor de amor de mãe. Anos depois era eu que fazia canjinha para os meus filhos. Na medida do possível utilize ingredientes orgânicos para suas receitas. 
Por Lori Ellis /Veganana

Esta é a minha versão vegana da tradicional canja típica do Rio Grande do Sul, exatamente assim, simples e com poucos ingredientes. Você pode acrescentar os ingredientes que preferir a partir desta sopa básica. Existem varias receitas de canja que usam outros ingredientes, mas eu prefiro esta versão, apenas com os ingredientes listados nesta receita. Para mim o sabor é inigualável, quanto mais simples, melhor e mais saborosa. Servi esta delicia com pão caseiro e um delicioso Merlot.  



Grau de dificuldade: Fácil 
Rendimento: 2 porções
Preparação: 45 min




INGREDIENTES
  • 1 cebola grande picada
  • 1/4 xícara de salsão picado
  • 1 cenoura grande cortada em cubinhos 
  • 3 batatas medias cortadas em cubinhos
  • 1/2 xícara de arroz lavado e escorrido
  • salsa fresca picada a vontade
  • 2 colheres de sopa de óleo vegetal
  • sal a seu gosto
  • água quente o suficiente



PREPARO


Em uma panela de bom tamanho aqueça o óleo e doure a cebola com uma pitadinha de sal. Adicione as batatas e o arroz bem lavado e escorrido. Cubra com água, mexa rapidamente, tampe a panela e deixe ferver. Quando levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por uns 15 minutos com a panela tampada. Depois disto verifique se as batatas e o arroz estão bem cozidos. O ponto ideal é quando as batatas começam a desmanchar e formar um caldo grosso. 



Depois disto acrescente as cenouras e o salsão. Deixe por mais 5 minutos em fogo baixo. As cenouras não devem cozinhar muito. Pelo menos eu gosto que as batatas e o arroz cozinhem muito bem e a cenoura fique mais firme. Se for necessário acrescente mais água. Verifique o sal e ajuste se precisar.

Por ultimo acrescente salsa picada a seu gosto. Sirva quente acompanhada de pão fresco, de preferencia caseiro. Uma taça de vinho tinto também é uma ótima pedida para acompanhar esta sopa, especialmente para uma noite fria. Espero que gostem desta sugestão super simples mas muito inspiradora.



ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA. SE VOCÊ GOSTOU E QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CRÉDITOS DE CRIAÇÃO. OBRIGADA!

18 comentários

  1. Respostas
    1. Obrigada pelo comentário amigo (a)

      abraços e volte sempre!

      Excluir
  2. Como assim salsicha?
    Essa não é uma receita vegana?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Danielle,

      Eu acho que deves ter lido errado a palavra salsinha e entendeste como salsicha, rsrsrsrs
      Não existe a palavra salsicha nesta receita, assim como não existe nenhum produto de origem animal em nenhuma receita deste blog.

      Nem que fosse salsicha vegana eu jamais usaria porque não uso nenhum produto processado na minha alimentação e nem nas minhas receitas.

      Alias, eu tenho tanto horror de salsicha que so de pensar me da asco, sinceramente. Cheguei a levar um susto quando li a tua mensagem, rsrsrs

      A canja e uma receita super light, com poucos ingredientes de sabor suave e delicado, mas jamais poderia ser feita com salsicha... como falei, nem que fosse vegana.....

      Volte a ler a receita e veja a palavra salsinha que eu realmente usei para a canja, e que provavelmente foi o que te causou espanto, rsrsrsrs

      abraços e muito obrigada por visitar a minha Veganana! Volte sempre!


      Excluir
  3. Eu também li salsicha. Aí meu marido disse: salsicha? Tb não entendi nada! Ao reler vi salsicha. Estamos gargalhando aqui. Ele disse que descobriu outras iguais a mim e isso o conforta. Kkkkkkkk Danielle eu juro que li salsicha!!!!! kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amiga,

      Que engraçado, na hora eu não me dei conta disto, mas depois que li o comentário da Danielle também fiquei com a tal salsicha na cabeça, tanto que ate mudei na receita, tirei a palavra "salsinha" e coloquei salsa. Ficou melhor.

      Também rendeu boas risadas aqui em casa amigas, rsrsrsrs

      beijos para as duas, voltem sempre para me visitar!

      Excluir
  4. O nome disso é utilidade pública. Queria fazer uma canja vegana e esses ingredientes estavam bem na minha cara e não me dava conta . Valeu. Também sou do Sul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo (a),

      Muito obrigada pelo comentário, que bom saber que gostaste da receita e que eu te inspirei a fazer esta delicia. Quem e do sul sabe o valor de uma verdadeira canja, bem assim mesmo!

      abraços e volte sempre para me visitar!

      Lori Ellis

      Excluir
  5. Respostas
    1. Ola Matheus,

      Obrigada pela visita e comentário!

      abraços

      Lori Ellis

      Excluir
  6. Eu também li, mas reli e vi que não era ahahahah.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Julie,

      Pois e engraçado mesmo, eu não tinha me dado conta disto ate que a Danielle escreveu, achei muito engraçado porque também tive que voltar para ler de novo, rsrsrs

      abraços e muito obrigada pela visita, volte sempre!

      Lori Ellis

      Excluir
  7. Estou fazendo a canja agora, n tenho salsão!!! Muda mto o resultado final?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Viviane,

      Não se preocupe, a tua canja vai ficar deliciosa mesmo que não coloques o salsão. Use os temperos que tiver em casa. A cebola é o que vai dar o sabor especial da canja, o salsão não vai fazer falta. Espero que gostes, me conta depois como ficou.

      Abraços, muito obrigada pela visita, volte sempre!
      Lori Ellis

      Excluir
  8. Com o frio que chegou aqui no sul, também senti muuuita vontade de tomar uma canja. Adorei a tua, fiquei um tempão pensando em como substituir e não sabia como fazer. Muuito obrigada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristina, tudo bem?

      Seja bem vinda amiga, e muito obrigada por acompanhar o blog e escrever comentando sobre a receita. Eu, como boa gaúcha, adoro canja, bem assim como eu fiz esta aí. É uma tradição que conheço desde criança, e conseguir fazer uma canja que ficasse com o sabor da original, é bom demais! Fico feliz que gostaste, e agradeço muito pelo teu comentário.
      Um grande abraço, adorei a tua visita, volte sempre!

      Lori Ellis

      Excluir
  9. Hummm, fiquei com vontade de experimentar! Vou fazer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo (a),

      Muito obrigada pela visita e comentário. Que bom que gostaste da receita, se fizer, volta para me contar como ficou. Um grande abraço e obrigada por acompanhar o blog!

      Lori Ellis

      Excluir

Olá,
Seja muito bem vindo e obrigada por visitar o meu blog!
Seu comentário será lido e assim que possível respondido neste mesmo post. Por favor assine o seu comentário para que eu possa conhecê-lo também.Obrigada pela visita e volte sempre!

Lori Ellis