segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Creme de Grão de Bico com Alho Poró e Tomate


Enquanto faz calor no Brasil, aqui no hemisfério norte estamos em época de muito frio. Agora é a nossa hora de comer sopinhas quentes e deliciosas como esta. Grão de bico é tudo de bom, uma das minhas sopas preferidas. Além de ser delicioso é super nutritivo sendo uma excelente fonte de proteínas e fibras, vitaminas e minerais.



Serve 3 pessoas


INGREDIENTES

  • 250g de grão de bico
  • 1 batata grande cortada
  • 1 tomate grande bem maduro
  • 1 cebola grande picada
  • 1/4 xicara de alho poró  picado
  • 1/4 xicara de cebolinha picada
  • 1 colher de sopa de páprica defumada (opcional) 
  • 2 colheres de óleo vegetal
  • sal e pimenta a seu gosto
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva (opcional)


PREPARO

Comece preparando o grão de bico. Se você não tiver sobras de grão de bico cozido, programe a sua sopa com um dia de antecedência porque terá que deixar o grão de bico de molho. Evite usar enlatados ou grão de bico pré cozido em caixinhas. O ideal sempre que possivel é preparar os alimentos em casa.

Lave bem o grão de bico em agua corrente. Coloque em uma tigela grande e deixe de molho por 12 horas. Passado este tempo escorra a agua do molho, coloque em uma panela grande e cubra com agua colocando o dobro da quantidade de grãos. Tampe a panela e leve ao fogo para cozinhar. Enquanto o grão de bico cozinha prepare o restante da receita.

Descasque e corte a batata em pequenos cubinhos e coloque para cozinhar junto com o grão de bico. Pique a cebola, o alho poró e o tomate. Em uma frigideira grande coloque duas colheres de óleo, aqueça bem e frite a cebola e o alho poro. Tempere com um pouco de sal, deixe refogar até que os temperos fiquem dourados tendo o cuidado de não queimar. Adicione o tomate picado e deixe apurar por mais um minuto. Desligue o fogo e reserve.

Quando o grão de bico levantar fervura adicione este refogado misturando bem. Adicione sal e pimenta do reino moída a seu gosto. Tampe a panela e deixe ferver novamente até que o grão de bico esteja macio. Este tempo de cozimento do grão de bico vai deixar a sopa bem grossinha e cremosa. Adicione a páprica, se for utilizar.

Você pode colocar a sopa no liquidificador para fazer o creme, ou se você tiver um mixer, processe na panela mesmo. Bata até ficar bem cremoso. Se fizer no liquidificador, devolva para a panela depois de pronto. Controle a consistência do creme como você desejar. Eu triturei tudo e fiz um creme bem lisinho. Também fica muito bom se você deixar pedacinhos triturando menos.


 

Na mesma frigideira que você refogou os temperos, coloque a cebolinha verde com um fiozinho de óleo, tempere com uma pitadinha de sal e deixe fritar rapidamente. Sirva este refogadinho junto com a sopa na hora de servir. Se quiser pode colocar um fiozinho de azeite de oliva no prato.




Tudo fica bom com grão de bico, use as ervas frescas e secas que você mais gosta. Decore como preferir e sirva bem quente com torradinhas. Fica maravilhoso, especialmente para o nosso friozinho de agora.


ESTA RECEITA, TEXTO E FOTO PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CREDITOS DE CRIAÇÃO.
OBRIGADA.
 
 

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Revista Vegetarianos, Edição 98 - Dezembro/2014


Saiu a Edição 98  da Revista dos Vegetarianos com muitas informações e novidades sobre saúde, alimentação e bem estar.
COMPRAR / ASSINAR


 
 
 
CONFIRA OS PRINCIPAIS TOPICOS DESTA EDIÇÃO.
 

Livre-se da insônia

O sono é essencial para a sua saúde. Veja como a alimentação correta e outras boas práticas podem colaborar para a sua qualidade de vida.
 

Aumente sua libido

Os alimentos certos para você ter uma vida muito mais completa e prazerosa.
 

Antioxidantes

Descubra os alimentos com maior concentração e como eles reforçam as defesas do seu corpo.
 

Framboesa  

Ela combate o colesterol e é poderosa para aliviar os sintomas da TPM.
 

10 dicas de viagem

O manual de sobrevivência para o vegetariano não passar fome.
 

Receitas para festejar

6 pratos deliciosos com poucos ingredientes e fáceis de preparar.
 
 

Tudo isto e muito mais! Não perca, assine logo a sua!

 
 Veja como fazer a sua assinatura aqui!   COMPRAR / ASSINAR


 

 

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Overnight Oats com Chia


"Overnight Oats", são flocos de aveia deixados de molho durante a noite na geladeira para comer no café da manhã. A aveia é o ingrediente básico para esta receita, mas não é o único, pois pode-se acrescentar frutas secas, frescas, sementes, oleaginosas e muito mais. Esta receita é uma apenas inspiração, e a partir do modo de preparo você pode fazer as suas receitas como preferir usando o que tiver em casa.




Fica tão gostoso que parece uma sobremesa. Perfeito para servir no café da manhã, para um lanchinho light a noite substituindo o jantar, e também muito pratico para levar para o trabalho, coisa que eu sempre faço.



 
A inspiração para esta receita veio depois que eu vi um post no blog Barbarelismus da minha querida amiga Bárbara Mäkel. Fiquei com agua na boca e resolvi experimentar, achei o máximo a ideia de deixar a aveia de molho durante a noite e comer pela manhã, especialmente no verão. Tenho feito com bastante frequência e modificado os ingredientes, sempre colocando uma colher de sopa de chia junto com a aveia. O restante dos ingredientes eu procuro variar.




A receita básica é muito simples, e o melhor de tudo são as possibilidades de variação de ingredientes conforme o que temos disponível em casa. Eu adoro colocar frutas frescas na hora de servir. Geralmente faço no vidro que deixo tampado na geladeira e na hora de servir coloco o que tem em casa de frutas frescas combinando os sabores. Não coloco açúcar, sempre adoço com as frutas secas que de molho durante a noite deixam a aveia bem docinha. Veja a receita básica, inspire-se e descubra a sua favorita.



Serve uma pessoa


INGREDIENTES

  • 3 colheres de sopa de aveia em flocos grossos
  • 1/4 xicara de leite vegetal de sua preferencia
  • 1 colher de sopa de semente de chia
  • 1 colher de sopa de goji berries
  • morangos frescos
  • raspas de laranja (opcional)
  • nozes (opcional)


PREPARO

Use um vidro hermético que tenha tampa. Passe uma agua fervendo no vidro antes de utilizar e deixe esfriar. Coloque a aveia, a semente de chia, o goji berrie e a raspa de laranja se for utilizar.




Você pode usar passas de uva, tâmaras ou damascos picados e se quiser pode fazer um creme com as tâmaras para adoçar. Deixe as tâmaras de molho durante a noite em agua filtrada em recipiente de vidro e no outro dia processe ate obter uma pasta. Fica maravilhoso para esta receita. 




Coloque o leite vegetal. Use o suficiente para cobrir os ingredientes secos colocando um pouco mais porque estes ingredientes vão inchar quando hidratados. Você pode colocar coco ralado fininho e simplesmente acrescentar agua filtrada se quiser fazer de uma maneira mais pratica e rápida, caso não tiver nenhum leite vegetal pronto. O coco e a aveia junto com a agua formam um leite depois deste tempo de molho. Eu já fiz assim e ficou muito bom. No caso desta receita eu tinha leite de amêndoas e foi o que eu utilizei.




Use um vidro de tamanho proporcional a quantidade de aveia que você vai preparar. Deixe espaço suficiente para que os ingredientes se acomodem quando hidratados.




A semente de chia aumenta ate 10 x de tamanho quando hidratada, e a aveia dobra de volume. Este vidro que eu usei é de tamanho médio, depois de hidratado quase encheu. Esta quantidade é mais que suficiente para uma refeição considerando que se acrescentam as frutas frescas.




Tampe o vidro e coloque na geladeira para consumir no dia seguinte. O tempo de refrigeração pode ser de 6 a 8 horas para que o resultado seja perfeito.
No outro dia você vai ter um creme gostoso que pode ser comido direto no vidro. Acrescente frutas picadas como banana, morangos, kiwi, mamão, melão, mirtilos, maçãs, manga e muito mais. Combine as frutas caso você desejar usar mais de um tipo. Você pode acrescentar canela em pó se desejar. Fica muito gostoso colocar melado também. Eu já coloquei uma colher de açúcar de coco e já usei açúcar mascavo também. Ficou delicioso.




 
Também fica muito bom colocar sementes como girassol, gergelim, abobora, linhaça... Se você quiser pode acrescentar oleaginosas como nozes, amêndoas ou castanhas. Coloque apenas na hora de servir. Coma com uma colher direto do vidro. Espero que vocês gostem desta sugestão. Hoje eu fiz uma com maçãs picadas e um toque de canela. Ficou ótima!
 


ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, POR FAVOR POSTE O LINK DO BLOG COMO REFERÊNCIA DE AUTORIA.
OBRIGADA. 
 

 

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Batata Assada com Cenoura e Alecrim

 
E não tem limites para preparar deliciosas batatas assadas no forno. Desta vez eu misturei cenouras em palitos grandes e temperei com alecrim. O perfume do alecrim assando junto com a batata é maravilhoso, e o sabor nem se fala... tudo de bom! Servi estas batatas como prato único apenas acompanhada com saladas. Fiz uma salada de rúcula com pimentões e outra salada de repolho.



 
Você pode inventar mil variações de receitas de batata assada acrescentando outros legumes como pimentões, cenoura, cebola, vagens, brócolis, berinjelas, abobora, abobrinha verde, ou o que mais você imaginar. Use a batata como ingrediente básico e acrescente os acompanhamentos para assar junto. Esta é uma ótima ideia para aproveitar pequenas sobras de legumes e assar com as batatas.
Tempere a seu gosto, use ervas frescas e secas que você mais gosta. Eu adoro esta coisa de agregar sabores e combinar ingredientes. Bom demais descobrir novos sabores em uma mesma receita. Batatas assadas ficam gostosas com qualquer tipo de ervas secas ou frescas. Invente sabores diferentes a cada vez que fizer. Experimente!
  
 
 
Serve 3 pessoas


INGREDIENTES

  • 1 kg de batata rosa com casca (orgânicas de preferencia)
  • 1 cenoura grande com casca
  • 1 ramo grande de alecrim fresco
  • 1 colheres de sopa de cebolinha verde picada
  • 3 colheres de sopa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de páprica picante (opcional)
  • sal e pimenta preta moída na hora a seu gosto

Caso não consiga batatas orgânicas, descasque antes de cortar após ter lavado bem uma a uma em agua corrente.


PREPARO

Lave bem as batatas com o auxilio de uma escovinha. Seque com papel toalha, corte em cubos pequenos e disponha em uma assadeira grande. Lave a cenoura em agua corrente. Seque com um papel e corte em palitos grandes ou no formato que você preferir. Não é necessário descascar a cenoura se você estiver usando orgânica. Caso contrario você pode raspar e remover a casca. Misture as fatias de cenoura junto com as batatas na assadeira.

Tempere com sal, pimenta moída na hora e páprica se for utilizar. Adicione o alecrim fresco. Use os temperos que você tiver em casa se quiser variar a receita. Regue com o óleo vegetal que for utilizar misturando delicadamente.

Asse em temperatura media de 180C ou 365F em forno pré-aquecido por mais ou menos 45 minutos ou 1 hora. Depois de 30 minutos de forno, vire as batatas delicadamente com o auxilio de uma espátula ou colher de pau. Deixe assar novamente.




Deixe o tempo suficiente para que elas fiquem douradinhas e mais sequinhas.
Você pode controlar o ponto das batatas espetando um garfo ou faca para verificar se elas estão cozidas por dentro. O ideal é que elas fiquem douradas e sequinhas por fora, porem macias por dentro. 

O tempo de preparo varia em media de 45 minutos a 1 hora dependendo do forno e do resultado que você espera.  Se quiser as batatas mais crocantes deixe mais alguns minutinhos no forno. Muito cuidado para não queimar. Na hora de servir coloque as cebolinhas frescas picadas e decore com ramos de alecrim fresco. Sirva quente com o acompanhamento que você preferir.


ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, POR FAVOR POSTE O LINK DO BLOG COMO REFERÊNCIA DE AUTORIA.
OBRIGADA. 

 

domingo, 30 de novembro de 2014

Bolo Salgado sem Glúten (Barbarelismus)


 
Esta é a linda versão sem glúten do blog  Barbarelismus  da receita de Muffin Salgado do blog Veganana . Achei sensacional a ideia, e estou compartilhando com vocês as maravilhosas fotos que a Barbara Makel fez da sua versão desta receita. Simplesmente de dar agua na boca. Vou fazer novamente, e com certeza vou fazer bem assim....


 
 
Ela modificou a receita trocando a farinha de trigo por farinha sem glúten. Ela usou um mix. Trocou a o açúcar granulado por açúcar de coco e usou um mix de pimentões vermelhos, amarelos e verdes. Ficou um espetáculo!
 


A receita acima é uma adaptação do Muffin Salgado do blog Veganana .



Visite o blog Barbarelismus  e conheça mais do lindo trabalho da amiga Barbara Makel com receitas diferentes e lindas fotos de dar agua na boca. Você também pode acompanhar os posts do blog Barbarelismus no Facebook .



 

sábado, 29 de novembro de 2014

Pão Semi Integral com Cenoura


Não tem coisa mais gostosa do que o cheirinho de pão assando em casa. É uma sensação maravilhosa, e ainda mais quando tiramos do forno uma delicia como esta para saborear com a família. Fiz este pão com cenoura ralada bem fininha, o que deu um colorido especial na massa e enriqueceu o sabor.
Muito fácil de fazer, e você pode fazer na versão semi-integral na proporção que desejar desde que mantenha as quantidades de farinha indicadas na receita.

  


Eu fiz este pão na mão, mas também pode ser feito na maquina para quem preferir, bastando seguir as instruções da sua maquina e usar as quantidades de ingredientes indicadas na receita.






INGREDIENTES

  • 2 xicaras de farinha de trigo
  • 1 1/2 xicaras de farinha integral
  • 1 1/2 xicara de agua morna
  • 1 colher de sobremesa de açúcar cristal
  • 1 colher de sobremesa de sal
  • 1/2 xicara de cenoura ralada fina
  • 4 colheres de sopa de óleo vegetal
  • 1 colher de sopa de fermento biológico granulado


PREPARO

Comece preparando o fermento. Em uma vasilha de vidro ou de louça coloque a agua morna, o açúcar e despeje o fermento. Tampe e deixe levedar.
Eu usei o fermento biológico granulado para pão. Você pode usar o fermento em tabletinhos se preferir. Basta usar um tablete para esta receita e seguir as instruções de preparo.
Em uma bacia grande coloque as farinhas, o sal e  a cenoura ralada. Misture bem com os ingredientes e a seguir despeje a mistura do fermento levedado alternando com o óleo.
Em uma superfície enfarinhada sove bem a massa ate que fique lisa e bem leve.
Se você sentir que é necessário adicione mais farinha ou agua para acertar o ponto da massa. Forme uma bola com a massa sovada e devolva para a bacia cubra com plástico e deixe em lugar protegido para crescer por pelo menos 30 minutos ou ate dobrar de volume.

Quando a massa dobrar de volume retire da bacia e coloque na superfície enfarinhada para modelar o pão. Modele como você desejar de acordo com a forma que vai utilizar para assar.




A massa não precisa mais ser sovada, apenas modele o pão trabalhando a massa apenas o necessário para modelar até obter o formato que você deseja. Eu assei o meu pão em uma assadeira normal, não usei forma especial para pão, e por isto fiz este formato.




Unte a forma que vai assar o pão e enfarinhe levemente. Coloque o pão modelado na forma e caso desejar faça cortes longitudinais com o auxilio de uma faca afiada ou caso você tiver, uma lâmina especial para cortar massas.




Polvilhe um pouco de farinha sobre o pão, cubra a forma com um guardanapo e mantenha em local protegido para crescer novamente por mais 30 minutos.




Ligue o forno para pré-aquecer em temperatura de 200C ou 400F enquanto o pão cresce novamente.




Quando o pão tiver dobrado de volume coloque a forma no forno pré-aquecido e deixe assar por mais ou menos 40 minutos.




Depois de assado retire do forno e deixe esfriar antes de fatiar.




Está pronto o delicioso pão para ser saboreado como você preferir. Eu adoro comer pão quentinho com uma "manteiguinha" que faço com óleo de coco (sem sabor), sal do himalaia e pimenta caiena. Delicia!





 ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CREDITOS DE CRIAÇÃO.
OBRIGADA.

 

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Sorteio de Fim de Ano 2014

 
Gostaria de convidar a todos para participar do sorteio de fim de ano do Blog Veganana. Estou sorteando um (1) Aparelho de fazer macarrão de legumes da marca "Vegetti" e um ( 1 ) pote de Nutritional Yeast da marca "Red Star"  para um (1) ganhador. Se você esta pensando em fazer aquele delicioso macarrão de abobrinha, não perca a chance de ganhar!  O Vegetti é um aparelho super funcional e pratico. Corta vários legumes como abobrinhas, batatas, cenouras, pepinos e outros em duas diferentes espessuras. Muito simples de usar, lavar e armazenar.

O Nutritional Yeast Nutritional Yeast ou Levedura Nutricional é um fermento inativo que pode ser utilizado como suplemento alimentício ou como tempero. São pequenos flocos de cor amarela com um sabor bem especial que lembra o queijo. Pode ...ser utilizado em muitas receitas quando se quer um sabor de queijo.

A levedura nutricional possui alta concentração de proteínas, vitaminas do complexo B e acido fólico, e baixo teor de gordura e sódio.
Esta marca Red Star e muito conhecida e possui uma fonte muito confiável de Vitamina B12 sem nenhuma adição de produto de origem animal. Se conservado em pote fechado sem mantem fresco por muito tempo!


 
 




Para participar basta clicar no link abaixo, seguir as instruções do aplicativo e clicar em "Quero Participar".

http://goo.gl/w8jxYY


Não esqueça de ler o regulamento com atenção para evitar problemas.  Para participar você tem que compartilhar a imagem do sorteio em modo PUBLICO no seu timeline no Facebook e chamar 3 amigos para participar marcando eles na foto. Participe! Compartilhe e me ajude a divulgar este sorteio!

BOA SORTE A TODOS! ♥
 
 
 
 
 

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Consomê de Cenouras


 
A combinação dos ingredientes nesta receita é muito boa e equilibrada, fazendo com que o resultado seja uma deliciosa e nutritiva sopa cremosa.  Use o gengibre com parcimônia, adicione mais caso achar que pode, mas não coloque muito de inicio caso você não estiver acostumado com o sabor acentuado do gengibre na sopa. Sirva com croutons ou torradinhas. Fica bom demais. Este tipo de sopa também pode ser servido no verão, porque fica deliciosa mesmo apenas morninha.




Você pode servir como entrada de uma refeição em pequenos bowls, ou então como prato principal acompanhado de pão quentinho e quem sabe um delicioso vinho.


                                                         
 Serve 3 pessoas



INGREDIENTES

  • 4 cenouras de preferencia orgânicas
  • 1 batata media descascada
  • 1 cebola media picada
  • 1 dente de alho grande
  • 1 pedacinho de gengibre
  • 1 colher de sopa de óleo vegetal
  • sal e pimenta do reino a seu gosto
  • raspas de limão (pequena quantidade)
  • 1 colher de cúrcuma em pó (opcional)
  • azeite de oliva para servir
  • pimenta calabresa (opcional)



PREPARO


Corte as cenouras e a batata descascada em pequenos cubinhos. Pique a cebola e o alho. Em uma frigideira ou panela grande aqueça o óleo vegetal e frite o alho. Adicione a cebola e deixe fritar em fogo baixo até que a cebola comece a ficar dourada, transparente. Adicione a batata, o gengibre e as cenouras. Adicione agua até cobrir os legumes. Tempere com sal e deixe cozinhar ate que os legumes estejam bem macios. O cozimento leva mais ou menos 20 minutos.
Com a ajuda de uma escumadeira ou concha retire os ingredientes sólidos da panela e coloque no liquidificador com um pouco da agua do cozimento e bata até conseguir um creme bem lisinho. Acrescente o restante da agua do cozimento aos poucos para controlar a consistência.  Caso você desejar acrescente mais agua além da agua do cozimento dos legumes.
Devolva para a panela, junte as raspas de limão, ajuste o sal e adicione a pimenta do reino de preferencia moída na hora.
Sirva imediatamente. Decore ao seu gosto e se desejar coloque um fiozinho de azeite de oliva na hora de servir para aproveitar os benefícios nutricionais do azeite que não deve ser aquecido a altas temperaturas.






 ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CREDITOS DE CRIAÇÃO.
OBRIGADA. 
 
 

Batatas Assadas com Alho e Ervas

 
Deliciosas batatas assadas que servem de acompanhamento para qualquer prato principal. Uma sugestão simples e muito fácil e rápida de preparar que sempre agrada pelo sabor e pelo lindo visual. Esta receita é uma inspiração, e você pode usar os temperos que preferir, ervas aromáticas secas ou frescas, vale tudo, desde que você goste. Tudo fica bom com batatas, ainda mais este tipo de batatas douradinhas no forno.
 
 
 
 Serve 2 pessoas 
 
 
 
INGREDIENTES
 
  • 4 batatas grandes cozidas "al dente"
  • 2 dentes grandes de alho esmagados
  • 1 colher de sopa de cebolinha verde picada
  • 1 colher de sopa de salsinha picada
  • 1 colher de chá de orégano seco
  • 1 colher de chá de pimenta caiena em flocos (opcional)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 3 colheres de sopa de óleo vegetal
 
 
 
PREPARO
 
 
Lave as batatas, descasque e cozinhe inteiras em agua e sal. Coloque uma colher de chá de vinagre na agua. Isto ajuda a manter as batatas inteiras ao cozinhar. As batatas devem ser cozidas "al dente" porque vão ser levadas ao forno. Eu recomendo que quando a agua do cozimento das batatas levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por apenas 5 minutos.
Escorra as batatas e reserve enquanto prepara o restante dos ingredientes.
Em uma frigideira grande aqueça o óleo e doure o alho. Cuidado para não queimar. Coloque um pouco de sal e adicione a cebolinha verde. Abaixe o fogo e deixe apurar por 1 minuto. Adicione então a salsinha e desligue o fogo.
Volte as batatas que já deverão ter esfriado o suficiente para serem cortadas em pequenos quadrados ou como preferir.
Em um refratário coloque as batatas e acrescente este refogado misturando delicadamente ate agregar bem os ingredientes. Salpique o orégano seco e a pimenta caiena se for utilizar. Leve ao forno médio pré-aquecido a 180C.
Deixe assar por uns 10/15 minutos ou até que fiquem douradas.
Sirva imediatamente.
 
 

 
 
 ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CREDITOS DE CRIAÇÃO.
OBRIGADA. 
 
 

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Sanduiche de Legumes à Provençal


Imagina um sanduiche quentinho recheado com deliciosos legumes grelhados com um tempero na medida certa. Ficou muito bom.  Servi este sanduiche para um almoço de sábado aqui em casa apenas acompanhado de salada verde. Não precisa mais nada porque é uma refeição completa. Embora a receita seja um pouco mais elaborada, vale a pena experimentar. O resultado com certeza vai agradar a quem experimentar esta delicia. Eu queria ter colocado queijo vegano, mas não tinha pronto em casa, e então resolvi fazer sem queijo mesmo, embora imagine que com queijo vegano derretido deve ficar muito mais gostoso. Da próxima vez que fizer vou me programar para usar um queijo vegano que derrete. Desta vez eu resolvi fazer meio que de improviso para aproveitar legumes e inventar uma coisa diferente.






Este sanduiche fica maravilhoso acompanhado de um suco caseiro que você pode inventar com o que tiver disponível em casa. Eu fiz uma limonada na hora de servir. Como o sanduiche é bem farto de ingredientes, achei que um suco mais light seria melhor. Usei pão ciabatta que eu adoro. Eu prefiro os pães mais rústicos como a ciabatta que tem a casca bem grossa e fica perfeita para este tipo de receita. Caso você preferir pode usar baguete. Também pode fazer com pão integral se você preferir.



 
 Serve três pessoas



INGREDIENTES

  • 3 pães ciabatta
  • 1/2 abobrinha verde
  • 1/2 abobrinha amarela
  • 1/2 pimentão vermelho
  • 1 tomate médio
  • 1/2 berinjela pequena
  • 4 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de folhas de manjericão
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • sal e pimenta a seu gosto


PREPARO

Comece preparando a berinjela. Lave bem e mantenha a casca. Corte as pontas e fatie em rodelas medias. Coloque as fatias em um escorredor com uma bacia por baixo. Salpique sal e deixe descansar enquanto prepara o restante da receita. Este processo vai eliminar o amargor da berinjela. Você vai observar que vai escorrendo um liquido escuro pela peneira na bacia. Reserve.

Lave as abobrinhas e corte em fatias com mais ou menos 1 cm de espessura. Disponha as fatias em uma travessa e tempere com sal e pimenta e  reserve. Corte o tomate e o pimentão em fatias largas e coloque em um outro prato e reserve.

Lave rapidamente as berinjelas que estavam no escorredor para remover o restante do liquido escuro que se formou. Seque as fatias com papel toalha, coloque em uma travessa, tempere com sal e pimenta e reserve.

Os legumes devem ser grelhados em separado. Aqueça bem uma frigideira grande de fundo largo ou uma grelha caso você tiver. Coloque uma colher de sopa de azeite e comece grelhando a berinjela virando com cuidado para dourar dos dois lados. A medida que ficarem prontas coloque em uma travessa e mantenha em local aquecido. Eu coloquei no forninho elétrico que tenho do lado do fogão ligado em temperatura baixa apenas para manter aquecido.

Coloque mais uma colher de sopa de azeite e grelhe as abobrinhas, também tendo o cuidado de virar para grelhar dos dois lados. Grelhe rapidamente as abobrinhas, deixe "al dente". Fica mais gostoso. A medida que estiverem prontas, coloque na travessa junto com as berinjelas.

Na mesma frigideira coloque mais uma colher de sopa de azeite e frite o alho esmagado temperando com uma pitadinha de sal. Deixe dourar, mas cuidado para não queimar. Remova os pedaços de alho fritos e coloque em um pratinho separado para utilizar depois. Corte o pão ao meio e grelhe rapidamente na parte interna. Remova as fatias de pão grelhadas e coloque na travessa e mantenha aquecido.

Na mesma frigideira coloque mais uma colher de sopa de azeite e grelhe as fatias de pimentão vermelho. Remova e coloque junto com os legumes grelhados. Por ultimo coloque as fatias de tomate, tempere com sal e pimenta a seu gosto, adicione o alho que foi frito antes e deixe o tomate fritar com o alho por mais 1 minuto. Adicione as folhinhas de manjericão apenas misturando depois que desligar o fogo.

Monte o sanduiche intercalando as fatias de berinjela, abobrinha, pimentão e tomate na quantidade desejada. Sirva imediatamente acompanhado salada verde e suco natural de sua preferencia.






 ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, POR FAVOR POSTE O LINK DO BLOG COMO REFERÊNCIA DE AUTORIA.
OBRIGADA.
 
 

domingo, 23 de novembro de 2014

Pudim de Banana com Crocante de Nozes

 
 
Esta é mais uma versão do delicioso pudim integral de bananas que faz tanto sucesso aqui em casa. Uma sobremesa muito fácil e rápida de preparar. Desta vez eu coloquei nozes e fiz uma cobertura crocante que deu um toque muito especial a receita.
 
 
 


Se quiser pode colocar pedacinhos de nozes junto com as bananas para dar um toque especial no pudim. Vale tudo, invente a sua maneira de preparar esta deliciosa e simples sobremesa.







Você pode fazer esta mesma receita sem glúten caso preferir. Eu usei somente farinha integral orgânica e açúcar mascavo. Mas qualquer farinha sem glúten de sabor neutro pode ser utilizada nesta receita também.




 

Esta é uma receita que você faz rapidinho e com certeza agrada muito pelo lindo visual e pelo sabor. É possível variar a mesma receita utilizando outras frutas junto com a banana ou frutas secas a seu gosto.



 
Serve 6 pessoas
 
 
 
INGREDIENTES

  • 8 bananas grandes bem maduras
  • 1 xicara de chá de farinha de trigo integral
  • 1 xícara de chá de açúcar mascavo
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 1 colher de sobremesa de essência de baunilha
  • suco de 1/2 limão
  • 1/4 xicara de aveia em flocos
  • 200 ml de agua filtrada


PREPARO
 

Comece preparando a aveia. Coloque a agua filtrada no liquidificador e acrescente a aveia que pode ser em flocos ou como você preferir. Adicione a baunilha e bata bem até conseguir um leite cremoso. Reserve.
 
Esmague as bananas grosseiramente com o garfo e coloque em um prato fundo. A medida que for esmagando, esprema o limão em cima para não escurecer.

Misture a farinha, o açúcar e a canela em um prato fundo e reserve.
Em uma forma sem untar dor formato que você preferir, coloque a terça parte da mistura da farinha, e depois uma camada bem generosa das bananas amassadas. Cubra as bananas com a mistura da farinha e açúcar e coloque o restante das bananas na camada seguinte. Cubra novamente as bananas com o restante da mistura de farinha e açúcar e então despeje o leite de aveia que você bateu no liquidificador sobre a forma cobrindo tudo. Com o auxilio de uma espátula abra levemente as laterais do pudim para que o leite penetre pelos cantos da forma e hidrate bem a massa.  
Quando colocar as camadas tome o cuidado de não encher muito a forma porque esta receita cria muita agua e pode transbordar no forno. Sempre use uma forma funda e deixe sobrar espaço para não ter problema.




PARA A COBERTURA DE NOZES

  • 1/2 xicara de nozes trituradas
  • 1 colher de sobremesa de canela em pó
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavo

PREPARO  
 
Misture a canela o açúcar e as nozes trituradas. Cubra o pudim com esta mistura espalhando delicadamente com o auxilio de uma colher ou espátula.   Leve ao forno pré-aquecido a temperatura de 180C por 20 a 30 minutos ou até dourar.



 

Espere esfriar para desenformar. Sirva gelado acompanhado de frutas frescas ou como você preferir. Também fica muito gostoso servir quente com uma bola de sorvete vegano em cima.





A massa do pudim fica deliciosa e com um sabor muito delicado. Vale a pena experimentar.  Esta receita é uma das preferidas aqui em casa.






ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA.
SE VOCÊ QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CREDITOS DE CRIAÇÃO.
OBRIGADA.