Pão Rústico de Fermentação Lenta Panela de Ferro

Mais uma deliciosa experiência com os meus pães de fermentação lenta. Desta vez eu assei na panela de ferro e o resultado foi incrível. O sabor do pão assado na panela de ferro é uma delicia. Casca crocante, massa fofinha... bom demais! Na medida do possível utilize ingredientes orgânicos para as suas receitas. 
Por Lori Ellis /Veganana

Não se assuste com tantos detalhes e fotos na descrição da receita. Fiz isto para facilitar a vida de quem se aventurar a fazer este pão. Gosto de detalhes, tudo bem explicadinho, as vezes passo dificuldade para chegar a um resultado satisfatório a ponto de compartilhar com vocês, mas podem ter certeza que estes detalhes e fotos vão facilitar muito para quem experimentar a fazer este incrível pão. Com certeza teria sido bem mais fácil para mim se tivesse tudo bem detalhado quando tentei fazer pela primeira vez. Vou tentar explicar para vocês bem detalhadamente todos os passos para fazer esta maravilha de pão. É muito simples de fazer, basta tentar.



Se não der certo da primeira vez, não desista. Tente novamente que você vai conseguir fazer este delicioso pão, vale a pena insistir até conseguir o resultado que vai te deixar bem feliz! 


Para chegar a este resultado foi necessário fazer algumas vezes até conseguir chegar ao ponto de poder dividir a minha experiência com vocês. Mas o bom de tudo é que eu sou persistente e tento novamente  até acertar o ponto e conseguir o que eu quero. Como já falei no post do pão anterior da Ciabatta, a grande vantagem deste pão e que qualquer um pode fazer com  a maior facilidade. Não é necessário ter máquina de fazer pão e nem é preciso sovar. Você pode se programar para assar o pão a noite, e deixar a massa fermentando o dia todo. Ou então, se quiser o pão para o café da manhã, prepare a massa a noite e deixe fermentando enquanto você dorme.



A fermentação lenta é um processo muito saudável de preparar pães porque diminui o índice glicêmico da massa durante as horas de fermentação, além de diminuir também a quantidade de glúten. Outra vantagem da fermentação lenta é que a massa fica com uma textura muito leve e deliciosa devido a pouca quantidade de fermento utilizado na receita. Quanto maior a quantidade de fermento mais pesada a massa fica e a digestão se torna mais difícil. Isto sem falar na deliciosa casca crocante e na massa cheia de furinhos e super leve....





INGREDIENTES

  • xícaras de farinha de trigo comum
  • xícaras de farinha de trigo integral
  • 1 1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de fermento biológico para pão
  • xícaras e meia de água a temperatura ambiente


PREPARO

Planeje o seu pão com antecedência. Você deve preparar a massa e deixar fermentando de 8 a 12 horas. Quanto mais tempo deixar a massa fermentar, mais leve fica, melhor o resultado. Em uma tigela grande de preferencia vidro ou cerâmica, misture os ingredientes secos primeiro. Depois acrescente a água aos poucos misturando bem ate obter uma massa homogênea. Você pode usar uma espátula para fazer este processo. Na realidade e bem simples e rápido de fazer. Basta apenas hidratar os ingredientes secos e a sua massa estará pronta. Sem sovar, sem bater, sem nenhum esforço a não ser misturar.



Esta é a consistência ideal da massa após misturar os ingredientes. Tudo o que você deve fazer nesta fase da receita é hidratar os ingredientes secos com a água apenas misturando com uma colher ou espátula e removendo o que gruda nas laterais da vasilha para que toda massa fique uniforme. Depois que a massa estiver misturada cubra o prato com um filme plástico e deixe descansar em qualquer lugar de sua cozinha. Em cima da mesa do balcão... onde for mais conveniente. Este é o processo de fermentação lenta. Deve durar de 8 a 12 horas. Neste período a massa vai crescer e ficar bem aerada e leve. Esta é a aparência da minha massa depois de 8 horas fermentando.


Depois disto providencie uma superfície onde possa trabalhar a massa. Pode ser uma mesa ou uma tábua como a que eu usei. A minha mesa é de pedra e não tem como fazer nada na superfície, por isto preciso do auxilio de uma tábua. Enfarinhe bem para a massa não grudar e deixe um pratinho com farinha perto para quando você precisar usar mais.


Com o auxilio da espátula separe a massa das laterais do prato para remover com mais facilidade.


Remova a massa do prato com cuidado usando a espátula e coloque na superfície enfarinhada. A massa é bem mole. Não se assuste, isto é normal, e o pão vai ficar bom no final. A massa fermentou e está crescida e bem aerada, mas mesmo pode ser removida com facilidade do prato. Não trabalhe muito a massa. Modele rapidamente porque a massa de fermentação lenta não necessita e não deve ser trabalhada muito.



Comece a modelar a massa em formato de bola. Você pode fazer isto com uma espátula simplesmente dobrando a massa para dentro com o auxilio da farinha para não grudar. 

Não tem necessidade de usar as mãos para modelar. Eu geralmente consigo fazer direitinho com a espátula. Faz menos sujeira e como a massa é bem mole, a tendência ao usar as mãos para modelar é que a massa grude muito nas mãos.


Continue dobrando a massa para dentro com a espátula puxando a farinha junto quando fizer a dobra da massa. O objetivo é formar uma bolinha sem trabalhar muito a massa.


Quando a bolinha estiver mais ou menos formada use as mãos enfarinhadas para terminar de modelar e continue puxando com a espátula para arredondar como mostra a imagem abaixo. Não sove e nem bata a massa, apenas modele delicadamente.


A bolinha está pronta, e você pode perceber como a massa é leve e cheia de bolhas. Por este motivo a massa não deve ser muito manuseada para manter a leveza e as bolhas que vão deixar o pão lindo depois de assado.


Depois que a bolinha estiver formada, coloque um pedaço de papel vegetal (manteiga) na mesa ou onde estiver trabalhando, enfarinhe e remova a bola de massa com cuidado para cima do papel. Dê uma ajeitadinha na bola se este movimento fez com ela que perdesse o formato. É bem fácil fazer isto porque a massa enfarinhada não vai grudar. Outra opção seria modelar a massa em cima do papel, mas eu não arrisquei fazer isto com receio que grudasse tudo. A gente vai aprendendo a medida que faz e com certeza cada um encontra a sua maneira de fazer. 



Estou  passando para vocês a maneira mais fácil que eu encontrei de fazer, mas com a pratica você vai encontrar a sua própria maneira de fazer este processo e tudo vai se tornar mais simples. Levei um tempo para me sentir segura com todo este processo, é natural que das primeiras vezes a gente ache que não vai dar certo, mas vale a pena tentar e repetir até conseguir um bom resultado. 

Uma vez que a bola estiver posicionada no papel vegetal enfarinhado, polvilhe mais farinha na superfície da massa. Cubra com uma toalha para deixar crescer. Colocar o papel vegetal embaixo da massa facilita muito na hora de colocar na panela de ferro. Das outras vezes que eu fiz pão tive muita dificuldade de colocar a massa na panela, mas desta maneira foi super fácil. Eu resolvi colocar esta bacia grande porque queria acompanhar o processo de crescimento.


Pelo fato de a minha bacia ser transparente facilitou muito porque eu pude ver o crescimento da massa. E o melhor de tudo é que da maneira que eu fiz, consegui manter a massa isolada e bem protegida para crescer. Inventei isto de ultima hora e adorei o resultado. Então eu cobri com uma toalha grande para proteger melhor. Talvez nem fosse necessário, mas achei legal fazer isto.


DEIXE A MASSA CRESCER POR 1 HORA 

Eu assisti um vídeo no Youtube que apresenta outra técnica que ainda não experimentei mas achei super interessante. Eles colocaram a massa para crescer dentro de uma frigideira redonda bem funda e bem untada. Simplesmente cobre com uma toalha e deixa crescer. Na hora de colocar o pão para assar, a massa cai bem fácil dentro da panela porque a frigideira foi untada. Fica a dica para quem quiser experimentar esta outra alternativa.

Passado uma hora de crescimento, eu coloquei a panela de ferro e a tampa no forno e liguei em uma temperatura alta de mais ou menos 240C ou 460F. Marquei 30 minutos e deixei a massa protegida onde estava para crescer por mais meia hora enquanto o forno aquecia.


NÃO UNTE A PANELA DE FERRO ANTES DE  COLOCAR NO FORNO!

O tempo total de crescimento da massa foi de 1 hora e meia que cresceu muito e ficou cheia de lindas bolhas e bem aerada.




COLOCANDO A MASSA NA PANELA DE FERRO 

Muito importante usar LUVAS DE PROTEÇÃO bem boas para manusear a panela quente. Todo cuidado é pouco para evitar queimaduras. Com o auxilio das luvas remova a panela do forno, sem a tampa de preferencia.

Eu coloquei a panela e tampa separadas dentro do forno para facilitar o manuseio quando estava bem quente.

Coloque a panela em um lugar seguro. Em cima do fogão ou uma superfície que resista ao calor. Eu coloquei em cima da minha mesa porque é de pedra e não tem problema com calor. Com o auxilio do papel que estava em baixo da massa eu virei na panela com muito cuidado. Então eu fiz um corte em cruz na superfície da massa crescida. Confesso que quando despejei a massa na panela me apavorei.
Achei que não ia dar certo....   Ficou tudo torto e eu não tinha como ajeitar a massa por causa do calor da panela. Simplesmente deixei para ver no que ia dar....  quando não se pode fazer nada, melhor deixar assim mesmo, rsrsrsrs  Mas estou falando isto para vocês para que não se assustem se aparentemente não ficar perfeito quando colocarem na panela quente. Não se preocupe, no final sempre dá certo, por mais que pareça que não.

Então com as luvas e com todo o cuidado do mundo eu levei a panela de volta para o forno. Coloquei a tampa e fechei a porta do forno que estava super quente. Deixei assando por 30 minutos. Gente, quando eu abri o forno e tirei a tampa da panela levei um susto!!! O pão estava simplesmente maravilhoso, lindo demais, e eu super feliz! 😁


Retirei a tampa da panela, abaixei a temperatura do forno e deixei assar por mais 15 minutos. Esta fase final pode ser diferente dependendo do seu gosto. Se você  gosta de pão mais escurinho, deixe os 15 minutos. Caso contrario 5 ou 10 minutos são suficientes. Com o tempo e experiência, você vai ver o que fica melhor, o que agrada mais ao seu paladar.



Pronto, o pão está assado e agora e só tirar a panela do forno com o auxilio das luvas e colocar em uma grade para esfriar. O pão sai bem fácil da panela de ferro. Não gruda nada. 

TENHA MUITO CUIDADO COM A PANELA DE FERRO QUENTE!


O ideal é esperar pelo menos uns 20 minutos para cortar o pão. Eu não esperei, rsrsrsrs... cortei uma fatia na hora que saiu do forno. Estava delicioso demais! Casca super crocante, a massa com uma textura leve e o sabor, só experimentando para saber mesmo!



A foto acima mostra uma faca de pão que eu comprei recentemente no site do Amazon. E maravilhosa e eu super recomendo. O preço é bom e vale a pena. Corta as fatias de maneira uniforme e precisa. Não quebra na metade, as fatias ficam perfeitas. Fácil e muito segura de usar.

No caso deste pão eu cortei ainda quente e a fatia ficou perfeita. Quem quiser ver e ter maiores informações sobre a faca de pão, e só clicar aqui.
  

INFORMAÇÕES  ADICIONAIS


Se você não tiver uma panela de ferro, não se preocupe. Este pão pode ser feito em qualquer panela que possa ir ao forno, desde que não tenha alça de madeira, plástico ou borracha. O ideal é que a panela tenha tampa para que a casca fique mais crocante. E se você não tem uma panela que vai ao forno, não se preocupe também. Pode fazer e assar em assadeira de pão normal, ou até mesmo em uma frigideira funda que possa ir ao forno. Espero que tenham gostado da receita e que eu tenha inspirado vocês a fazer pão em casa. Se ficou alguma duvida e só escrever aqui ou na pagina  do facebook que eu respondo e ajudo na medida do possível.

Saiba mais sobre a fermentação lenta clicando aqui.

ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA. SE VOCÊ GOSTOU E QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CRÉDITOS DE CRIAÇÃO. OBRIGADA!

74 comentários

  1. Assim como você explicou fiquei mais segura de me aventurar a fazer pão,que é um medo que eu tenho,pois detesto o desperdício de uma receita mal sucedida.Obrigada,vou fazer hoje mesmo.Só não tenho uma bela panela de ferro como a sua,mas tenho uma de pedra sabão. Bem...coragem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amiga!
      Não tenha medo,vai dar certo sim. Se eu consegui, tu vais conseguir com certeza!
      Eu também odeio desperdícios, mas preciso testar as receitas antes de postar e muitas vezes não da certo, tenho que ajustar e fazer de novo.... não e fácil, mas vale a pena porque eu insisto ate conseguir um resultado bom que eu possa compartilhar com vocês.

      Quanto a panela, a tua e maravilhosa! Eu mesma quero comprar uma panela de pedra ´para mim também. Alias, comprei uma retangular, agora quero a redonda.
      E tudo de bom assar pao na panela de pedra amiga.

      Se fizeres por favor volta para me contar como ficou, e se fizeres foto posta la na pagina da Veganana no facebook que eu publico para compartilhar a tua experiência em fazer o pao.
      Isto se quiseres, e claro!

      Um grande abraço, obrigada pelo comentário e visita!



      Excluir
  2. Lori,
    uma dúvida a respeito do fermento: pode ser usado o instantâneo (aquele granulado) ou tem que ser o seco comum?
    esse pão me deu água na boca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Stephanie,

      Sim, o fermento para este pão e o granulado instantâneo (biológico). Pode ser o da Fleischmann ou Dona Benta. E aquele que se compra em pacotinhos ou no pote.
      Se fizeres o pao, volta para me contar como ficou!

      Um grande abraço e obrigada por acompanhares o meu trabalho!

      Excluir
  3. Lori minha amiga querida, adorei, seu pão ficou maravilhoso e o passo a passo super bem explicado, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê minha querida parceira de fazer pão!
      Nossa, eu fiquei super feliz com este pão amiga. Estou simplesmente apaixonada por esta coisa toda de fazer pão em casa! E uma delicia!

      Como eu tive dificuldade de fazer no começo, resolvi fazer este passo a passo completo para ajudar as pessoas e encoraja-las a fazer também. Eu sou aquela que gosto de tudo muito bem detalhado, explicadinho e de preferencia com imagens para ilustrar. Foi o que eu fiz. Fiquei feliz depois que consegui. Deu um baita trabalho amiga, mas valeu super a pena!
      Obrigada pelo teu apoio, dicas e parceria de sempre!
      Tenho aprendido muito contigo amiga querida!

      beijosssss

      Excluir
  4. Obrigada pelas explicações, tudo em detalhes, vou comprar uma panela de ferro para fazer um igual.....bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivanete,

      Obrigada pelo recadinho. Fiquei feliz que gostaste da receita.
      Se fizeres volta aqui pra me contar como ficou amiga, e se tiver alguma duvida me escreve aqui ou lá no facebook.

      beijos, volte sempre!

      Excluir
  5. Respostas
    1. Oi Ivanete,

      Obrigada pelo carinho de escrever!

      beijos e volte sempre!

      Excluir
  6. lindo seu pâo!!!!!! e sua experiência e trabalho com ele tbm!! abçs - Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cris,

      Obrigada pela participação!
      Fico muito feliz que gostaste da receita.

      volte sempre a me visitar

      abraços

      Lori Ellis

      Excluir
  7. Lori imprimi toda sua receita e vou tentar......,depois conto, parabéns..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha amiga Eni!

      Me conta se fizeste, se deu certo. Muito obrigada pela visita, volte sempre por aqui querida!

      beijos

      Lori Ellis

      Excluir
  8. Bom dia!

    Sou louca por pão, mas aqui em Salvador achar um pão gostoso é bem difícil...não sou boa de cozinha,,mas quero tentar fazer este pão..só me diz uma coisa, por favor, eu não tenho panela de ferro..já vi que posso usar outra panela, mas preciso untá-la (sei que a de ferro não precisaria)..

    Obrigada.

    Malu Sclosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Malu,

      Eu também sou louca por pão, e depois que comecei a fazer em casa, passei a gostar mais ainda! hehehehe
      Tu podes usar qualquer panela que possa ir ao forno, ou ate mesmo uma forma de pao tradicional se não tiveres uma panela que tenha condições de ir ao forno.
      O cuidado que deves ter e que a panela não tenha nada de madeira ou emborrachado nas alças ou na tampa. Se for toda de metal, barro ou outro material que va ao forno, não tem problema.
      Quando a untar, eu aconselho por experiência própria, se fores untar, unte muito bem e polvilhe farinha antes de colocar a massa na panela para evitar que grude.
      Se fosse panela de ferro realmente não precisaria untar.

      Outra sugestão que pode ajudar muito e usar papel vegetal (manteiga) em baixo da massa, dentro da panela. Uma coisa que eu já fiz e deu super certo e colocar o papel dentro da panela, polvilhe um pouco de farinha sobre o papel e coloque a massa. Tampe a panelae deixe crescer em lugar protegido por 1 hora.
      Depois disto ligue o forno para pré-aquecer por meia hora. Deixe a massa do pao onde esta, crescendo por mais esta meia hora adicional enquanto o forno aquece.

      Depois disto coloque a panela com a tampa dentro do forno e asse por 30 minutos com a tampa. Depois tu remove a tampa, diminui a temperatura do forno e deixa assar por mais uns 10 minutos. Se não gostares do pao muito escuro, deixe menos tempo.
      Espero ter ajudado. Se fizeres o pao, volta pra me contar como ficou.
      Tu podes escrever aqui ou la na pagina do facebook.

      abracos



      Excluir
  9. Olá,adorei sua receita. Vou fazer,mas fiquei com uma dúvida. A panela fica aquecendo no forno, na hora de colocar o pão dentro o forno continua ligado ou é para deesligar.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Roseli,

      Obrigada pelo recadinho e comentário sobre a receita!
      Se fores usar panela de ferro, coloque dentro do forno para pré-aquecer por 30 minutos.
      Depois disto, com MUITO cuidado, usando luvas protetoras, coloque a massa crescida dentro da panela. Coloque a tampa e leve ao forno para assar por 30 minutos.
      NAO desligue o forno senão o pao não vai assar. O forno tem que ficar ligado por estes primeiros 30 minutos em temperatura alta para que o pao possa assar bem.

      Depois disto tu diminui a temperatura do forno mas mantem ligado. Com as luvas protetoras e muito cuidado, remova a tampa da panela e deixa assar por mais alguns minutinhos.
      Se gostas de pao mais escuro pode deixar de 10 a 15 minutos.
      Caso contrario, pode deixar uns 5 minutos adicionais apenas para dourar a casca.

      Depois disto, desliga o forno e remove a panela com as luvas e coloca em uma grade para esfriar. O pao sai bem fácil da panela. Não gruda nada.
      Espero ter ajudado, se tiver mais alguma duvida e so escrever aqui ou la na pagina do facebook. Se fizeres o pão, me conta como ficou!

      abraços

      Excluir
  10. Lori, parabéns amiga, belíssimo pão. Você acha que daria certo assar em pirex com tampa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosa querida!!!
      Que alegria receber a tua visita aqui amiga!
      Obrigada pelo comentario carinhoso.
      Pode sim amiga, tu podes assar este pao em qualquer forma, pirex, prato que vai ao forno.
      A unica recomendacao que eu tenho para este caso, e que tu fore o pirex com papel vegetal antes de colocar a massa. Pode grudar mesmo que tu unte bem.
      Ja aconteceu comigo, por isto eu sempre recomendo o uso do papel por baixo.

      Se tiveres mais alguma duvida e so escrever que eu te ajudo. Se fizeres me conta como ficou amiga!
      beijos

      Excluir
    2. Ôi Lori, fiz o pão seguindo exatamente suas recomendações e não é que deu certo amiga? Usei um pirex com tampa e forrado com papel manteiga. Ficou ÓTIMO. Amei.
      Obrigada por compartilhar suas experiências. Tenho feito MUITAS de suas receitas.
      Bjs.

      Excluir
    3. Rosa minha amiga tão querida!

      Obrigada pelo feed back. Adorei saber que deu certo e que tu ficou feliz!

      Beijinhos e muito obrigada por estar sempre comigo!

      Lori

      Excluir
  11. Suas receitas dão água na boca, querida! Já preparei a massa e amanhã vou assar numa panela de inox. Depois eu conto se deu certo, ok? Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mirian,

      Obrigada por escrever querida. Desculpe não ter respondido antes teu recadinho. Na época que postei esta receita fiquei meio afastada do computador por um pequeno probleminha no meu olho, e acabei me perdendo nas mensagens e algumas ficaram sem resposta.

      Estou tentando colocar tudo em dia e espero que voltes aqui e leia o que escrevi.

      beijos, obrigada por estar aqui

      Lori Ellis

      Excluir
  12. Na panela de inox grudou! Da próxima vez vou forrar com papel manteiga e experimentar fazer a massa um pouco mais firme. Tomara que dê certo, porquê o sabor é delicioso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirian,

      Pois então amiga, eu fiz a primeira vez na panela de ferro esmaltada, untei e enfarinhei bastante e achei que ia ficar bom. Grudou.... ficou difícil de tirar.
      Da próxima vez eu fiz de novo na mesma panela e forrei com papel vegetal. Ficou perfeito.
      O único caso que realmente não precisa untar é a panela de ferro preta, como esta que eu fiz aqui.

      Me conta se deu certo, se fizeste de novo, volta aqui pra contar como ficou.

      beijos querida, obrigada por participar

      Lori Ellis

      Excluir
  13. Olá Lori, fiquei encantado com suas receitas sempre bem elaboradas. Parabéns! Minha dúvida é com relação a dosagem do fermento. Na receita você diz 1 colher de chá de fermento, esta quantidade é a aquela que já vem no saquinho, ou seja, 10g ou menor? Porque lembro que você disse para ter cuidado com o fermento - não colocá-lo demais. Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Guershon,

      Peço desculpas não ter respondido teu recadinho antes. Infelizmente estou afastada um pouco do computador devido a uma pequena intervenção que tive que fazer no meu olho que me tirou do ar por alguns dias.
      Obrigada pela tua mensagem e pelos elogios ao meu trabalho. Fico feliz demais em saber que gostas das receitas. Procuro fazer o melhor possível sempre, e me alegra muito quando recebo recadinhos como o teu.

      Respondendo a tua pergunta...A quantidade de fermento para esta receita tem que ser uma colher de cha mesmo. Não use mais do que esta quantidade.
      O processo de fermentação lenta e exatamente assim. Menos fermento e mais tempo de fermentação.
      Eu sugiro medir exatamente uma colher de cha de fermento mesmo que tu uses o de saquinho. Eu não tenho muita certeza, mas acho que o de saquinho e uma colher de sopa.
      Por via das duvidas, nesta receita use a quantidade indicada mesmo.

      Espero ter ajudado, muito obrigada por seguir a minha Veganana.
      Volte sempre e se tiveres mais alguma duvida me escreva aqui ou na pagina do facebook. Vou responder na medida que seja possível.

      abraços

      Excluir
    2. Mil desculpas minha cara, pois não sabia que estava se recuperando de uma cirurgia.
      Gosto muito de pão integral daqueles tipo de forma mesmo, será que se eu deixar em fermentação lenta conseguirei um resultado de um pão levemente compactado, porém mais macio? Só me responda a esta pergunta quando puder, tá bom?
      Melhoras!
      P.S.: Gosto muito de suas receitas, pois você não utiliza a soja como a maioria faz.

      Excluir
    3. Ola amigo Guershon,

      Já estou bem, obrigada!
      Em resposta a tua pergunta, eu acabei de postar uma receita exatamente como pensaste em fazer o pão.
      E possível fazer sim, eu também gosto muito do pão tipo de forma. Já tinha feito esta receita so não tinha tido tempo de editar e publicar.
      Agora a receita já esta pronta com todas as informações necessárias para fazer um delicioso pão tipo sanduiche bem macio e mais compacto.

      Fiz varias fotos explicando detalhadamente o passo a passo, da uma olhadinha la e se
      tiveres alguma duvida e so escrever aqui ou na pagina do facebook que eu te ajudo.

      Tu podes assar este pão em qualquer forma retangular para conseguires o formato que desejas. Eu usei uma forma de pedra, mas já assei em outras formas também e fica muito bom. Experimenta e volta pra me contar se ficou legal.

      Obrigada pelo comentário sobre as minhas receitas e o uso da soja.
      Fiquei muito feliz que tu notaste esta diferença.
      Eu realmente não uso soja, não gosto e não considero a soja um alimento saudável.
      Procuro manter um diferencial de receitas saudáveis e simples de fazer.

      Abraços e muito obrigada por seguir o meu trabalho.





      Excluir
  14. Lori se o fermento for substituido pelo fermento fresco, qtas gramas do fresco eu tenho que usar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo (a),

      Eu nunca fiz com fermento fresco, mas sugiro que tu uses a mesma medida indicada na receita, ou seja uma colher de chá. Não use mais do que isto. Eu acho que os fermentos de tablete tem mais do que isto. Eu sempre conservo meu fermento no freezer. O que eu uso e fresco granulado. Tu podes usar a quantidade indicada na receita e guardar o restante no freezer ou geladeira.

      Se fizeres o pão volta para me contar como ficou.

      abraços e muito obrigada pela visita

      Lori Ellis

      Excluir
  15. Amei, amei, amei! Vou começar a fazer ainda hoje para ter um pãozinho delicioso amanhã!
    Parabéns pelo post e a descrição do passo-a-passo, deu para entender tudo direitinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol,

      Que legal, adorei que tu já vais te aventurar a fazer o pão. Vou ficar aqui na torcida e esperando que voltes para me contar como ficou!

      Obrigada pelo teu recadinho tão fofo!

      beijos, boa sorte com o pão e volte sempre por aqui!

      Excluir
  16. Olá. Não vai nada de gordura neste pão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Andrea,

      Não vai gordura e nem açúcar neste pão. Não e necessário. Por este motivo esta receita e muito mais saudável e leve do que as outras de pão convencional.
      O processo de fermentação lenta é incrível. Além de ser muito pratico porque não e necessário sovar, ainda diminui o índice glicêmico e de carboidratos da massa. E o melhor de tudo, sempre dá certo e fica muito gostoso. Tu podes acrescentar frutas secas, oleaginosas, sementes e o que mais desejar. Pode inventar mil receitas em cima desta básica. Pode mudar as farinhas....
      Experimente fazer, se precisar de ajuda me escreve. Se fizeres volta aqui para me contar como ficou.

      abraços e muito obrigada pela visita e participação.

      Lori Ellis

      Excluir
  17. Oi Lori,
    Gostaria de fazer uns comentários e relatar minha experiência.
    Primeiramente a qualidade da farinha de trigo brasileira é uma porcaria (Inclusive já li um comentário do Olivier Anquier falando da qualidade da farinha brasileira). Tirando a Renata não conheço outra parecida. As orgânicas, com exceção da Viapax que é a mais cara e de melhor qualidade, não são boas. Considero que sejam todas muito úmidas e isso afeta o resultado final do pão.
    Eu tentei que o meu desse certo e olha que tenho a panela de ferro. Usei as mesmas medidas que vc indicou, mas meu pão ficou bem mais escuro do que o seu, massudo, mal assado e sem aquela casca crocante e linda do seu. A massa ficou bem mole, tão mole que na hora de formar a bola, não quis formar e não quis adicionar farinha para não piorar. Pela minha experiência, o pão solta das mãos sem ficar adicionando muita farinha, mas com sova e a proposta aqui é outra. Outro fator, com certeza meu forno não é dos melhores. Acho que preciso deixar o forno ligado mais do que meia hora e no máximo.
    Na próxima, vou testar 2 x farinha branca e 1 x somente de integral e usarei menos água e um tantin menos de fermento e vou sovar um pouquinho de nada, como faço minha pizza e deixarei as longas 12h e volto para contar.
    Até vc chegar a esse resultado, gostaria de ouvir seu relato de como foram as primeiras experiências, ainda que não tão boas. Abço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone,

      Em primeiro lugar quero pedir mil desculpas por não ter respondido a tua mensagem antes. Eu publiquei e acabei me perdendo e ficou sem resposta. Agora vim aqui para responder outra mensagem e vi a tua. Espero que um dia voltes aqui e leia o que eu vou escrever.
      Eu concordo com tudo o que falaste em relação a qualidade da farinha brasileira. Difícil mesmo, e eu percebo isto claramente quando vou ao Brasil e quero fazer alguma receita na casa dos meus filhos usando farinha. A diferença é muito grande da farinha que eu uso aqui onde moro (Eua). Lembro que teve uma vez que eu fui ao supermercado no Brasil para comprar farinha e estava procurando pela farinha comum porque não queria comprar a farinha refinada. Não encontrei nada parecido e resolvi perguntar para uma pessoa que estava tambem comprando farinha e que talvez ela pudesse me ajudar. Ela me disse que não sabia o que era farinha comum, que a melhor de todas era a refinada. Bom, eu vi que estava perguntando para a pessoa errada, porque quem acha que produtos refinados são melhores, não tem muito conhecimento do assunto na minha opinião. Então perguntei a um funcionário que não soube me dizer nada também. Ou seja, eu estava muitos anos atras no tempo, e na minha memoria ainda lembro de comprar a farinha comum e nunca a especial, por ser refinada e eu achava que não era a opção mais saudável. Isto sem contar que não tinha nenhuma opção de farinha orgânica.
      Eu percebi uma grande diferença nos pães que fiz para os meus filhos. Embora tenha dado certo, e o resultado tenha ficado bom, eu achei que a farinha não ajudou muito. Eu consegui fazer exatamente este mesmo pão e assei na panela de ferro também. Ficou muito delicioso, mas nem parecido com os que eu faço em casa.

      Aqui onde moro eu compro uma farinha orgânica maravilhosa que nunca me deixa na mão. E o fermento também é ótimo, o que ajuda bastante. Mas não desista. Como eu falei na receita, não consegui este resultado da primeira vez. tive que fazer várias vezes até conseguir dividir com vocês esta receita. tive que fazer ajustes e até conseguir um pão apresentável eu não postei a receita. Lembro que duas vezes meu pão grudou, ficou muito feio. Eu não tinha a panela de ferro ainda e fiz na panela convencional. Ficou um caos.... depois tentei na panela esmaltada, ficou pior. Depois coloquei papel vegetal dentro da panela.... não funcionou também.. Fiz em forma de cerâmica, grudou... rsrsrsrs todas estas vezes deu para comer o pão, mas ficou muito feio para postar para vocês. Culinária é assim mesmo, a gente faz e aprende, erra e tenta de novo, mas não pode desistir.
      Muitas pessoas do Brasil escrevem me falando que fazem este pão e fica muito bom. Tenta novamente e me escreve contando se fizeste e se deu certo. Se precisar de alguma dica escreve aqui ou na página do facebook que eu vejo na hora e te respondo, é mais dinâmico do que o blog.

      Um grande abraço, obrigada por relatar a tua experiência com a receita. Volte para me visitar!

      Lori Ellis

      Excluir
  18. Será que fica bom em panela de barro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Iolanda,

      Eu já fiz na forma de barro e ficou maravilhoso. Com certeza vai ficar ótimo se tiveres uma panela de barro. Eu não tenho a panela de barro, mas quero muito comprar uma para mim, acho que deve ser o máximo. A forma de barro deixou o pão super lindo, com a casca bem crocante e macio por dentro. Se fizeres me conta como ficou.

      Um grande abraço, volte sempre para me visitar!

      Lori Ellis

      Excluir
  19. Bom dia, Lori. Estava namorando esta receita há semanas... e hoje resolvi me arriscar. Não usei farinha integral, só branca. Minha massa ficou mole... acho que demais. Mas continuei assim mesmo. Assei numa panela de barro que tenho. E o resultado? MARAVILHOSO!!!! Amei!!!! Agora vou tentar com outras farinhas, o que vc sugere? Já fêz com farinha de arroz? Quanto de sementes podemos colocar na massa, e em que momento do processo?? Obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Brigitte,

      Seja bem vinda e muito obrigada pela visita e comentário. Fiquei muito feliz em saber que conseguiste fazer o pão e ficou maravilhoso. Sei muito bem como é a sensação quando se faz esta receita pela primeira vez. Eu fiquei muito surpresa quando vi o meu primeiro pão, sinceramente não achei que ia dar certo. Hoje eu faço com total segurança porque já fiz muitas e muitas vezes e perdi totalmente o receio. Sempre dá certo, mesmo que a gente pense que a massa é muito mole, rsrsrs Imagino que delicia que ficou na panela de barro. Eu tenho uma retangular, e já fiz várias vezes nela e ficou maravilhoso.

      Quanto a outras farinhas, tu podes misturar farinha de trigo integral, farinha de centeio ou trigo sarraceno. Eu nunca fiz com farinha de arroz e não saberia te dizer se fica bom. Talvez se misturares com a farinha de trigo pode dar certo, mas eu te garanto que só com farinha de arroz não vai funcionar. pelo que eu pesquisei e me informei sobre este processo de fermentação lenta, deu para entender que esta receita tem que ser feita com pelo menos uma base de farinha de trigo, seja branca ou integral.
      Quanto as sementes tu pode colocar até meia xícara, e acrescenta na hora de modelar. Para a fermentação tem que ser apenas os 4 ingredientes básicos, a farinha, sal, água e fermento. Qualquer outra coisa que colocares pode inibir o processo de fermentação.
      Eu tenho uma receita que fiz deste pão e coloquei pistaches, outra que coloquei sementes de gergelim, e uma com amêndoas. Tudo isto foi acrescentado na hora de modelar.
      Estes são os links dos pães que te falei. Dá uma olhadinha para ver como é...

      http://blog.veganana.com.br/2015/09/pao-semi-integral-com-gergelim.html#more

      http://blog.veganana.com.br/2015/09/pao-semi-integral-com-amendoas.html#more

      http://blog.veganana.com.br/2015/02/pao-de-centeio-com-pistachos-e-amendoas.html#more

      Nestas receitas podes ver certinho as quantidades de sementes e oleaginosas que coloquei. Se tiver mais alguma dúvida, escreve novamente.

      Um grande abraço
      Lori Ellis

      Excluir
  20. Muitíssimo bem explicado sua receita,com riqueza de detalhes.Visitei seu blog por conta de quem fez sua receita e adorou e gostei muito do que li. Obrigada e Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Rosana,

      Seja bem vinda! Agradeço muito pelo carinho em escrever, e fico feliz que chegaste aqui através de alguém que testou a receita e aprovou. Para mim é muito gratificante saber que o meu trabalho é apreciado, e receber recadinhos de vocês é bom demais!

      Um grande abraço, adorei a tua visita, solte sempre!
      Lori Ellis

      Excluir
  21. oi, acabei de fazer, amanha postarei fotos, ele esta fermentando, sera que posso coloca-lo em uma panela de pedra sabão??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Regina, seja muito bem vinda!

      Que bom que estás fazendo o pão. Tu vai adorar esta receita, é muito fácil e fica uma delícia!
      Pode assar na panela de pedra sabão, vai ficar muito bom. As panelas de pedra sabão são maravilhosas e com certeza o pão vai ficar lindo!
      Obrigada por escrever, estou na torcida pelo teu pão, espero que gostes!

      Um grande abraço
      Lori Ellis

      Excluir
  22. Ola, meu nome é REGINA, moro em GARUJA, e adoro a cozinha, vegana, sempre estou me arriscando nas receitas, como por ex agora que fiz o pão e só vou trabalhar nele as 6 da manhã, tenho uma panela de pedra sabão, será que posso usa-la??na postagem anterior não me identifiquei...amanha postarei fotos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Regina,

      O teu pão vai ficar maravilhoso na panela de pedra sabão. Pode usar sim! Faz fotos e depois me mostra, vou adorar ver. Espero que gostes, vou ficar esperando pelas noticias do teu pão.
      Se tiver mais alguma dúvida, escreve novamente.

      Muito obrigada por seguir o blog. Adorei a tua visita, volte sempre!
      Lori Ellis

      Excluir
  23. BOM DIA.. FICOU MARAVILHOSO....MUITO OBRIGADA, VOCE É SENSACIONAL, AMEI..POSTAREI FOTOS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regina querida,

      Que legal, fiquei super feliz com o teu recadinho e adorei a foto que postaste no facebook. Amanhã vou compartilhar para inspirar as pessoas. a fazer também.
      Ficou lindo o teu pão e o melhor de tudo, ficou maravilhoso como tu descreves! Bom demais saber que conseguiste fazer o pão ficar maravilhoso na primeira tentativa. Muitas pessoas tem uma certa dificuldade de acertar na primeira vez. Eu mesma tive que fazer ajustes até conseguir um resultado perfeito.
      Agora tu já sabe, da próxima vez deixa mais uns minutinhos no forno para que fique bem como tu gosta. Tu vai te acostumando a medida que fizer, e com certeza daqui a pouco vais estar inventando receitas diferentes deste pão. Adorei o retorno da receita, obrigada por escrever me contando como ficou o pão.

      Um grande abraço, volte sempre para me visitar!
      Lori Ellis

      Excluir
  24. Muito bacana. Morei 4 anos fora do Brasil e aprendi a fazer essa mesma receita. Experimentei com diversos tipos de farinha. E desenvolvi meu Levain, o fermento natural. Uma dica: usar apenas ingredientes orgânicos. Estão dando uns 7 banhos de glifosato no trigo transgênico e esse herbicida é carcinogênico. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Frymartini,

      Muito obrigada pela visita e recadinho. Eu adoro esta receita e faço com muita frequência aqui em casa não apenas pela praticidade mas por ser uma opção mais saudável. Quanto aos orgânicos, eu pessoalmente uso quase que 100% do que consumo, de produtos orgânicos. Especialmente a farinha, eu realmente não compro se não for orgânica. tenho a facilidade de encontrar aqui onde moro, mas também sei que infelizmente isto não é possível para todos. Sempre recomendo o uso de ingredientes orgânicos como sendo a melhor alternativa, mas sei que nem todos tem alcance a isto, ou por simplesmente não encontrar, ou pelo preço que sempre é mais alto. Na minha opinião, orgânicos deveriam ser acessíveis a todos, mas infelizmente estamos muito longe desta realidade. É triste demais ver o que estão fazendo com a nossa saúde....

      Um grande abraço, adorei a tua visita, volte sempre!
      Lori Ellis

      Excluir
  25. Olá. É possível fazer essa receita só com a farinha de trigo integral?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Iandara, tudo bem?

      Seja muito bem vinda amiga e obrigada por acompanhar o blog.
      Eu nunca fiz esta receita 100% integral, mas acredito que pode ser feito sim. Cheguei quase perto porque já fiz com 80% de farinha integral e deu super certo, o pão ficou uma delícia. A única coisa que pode acontecer é o teu pão ficar um pouco mais pesado do que ficaria se colocasses um pouco de farinha branca, mas com certeza vai ficar muito saudável, e se quiser podes acrescentar sementes ou alguma oleaginosa picada que enriquece ainda mais o sabor e o valor nutritivo. Se fizer o pão desta maneira volta aqui para me contar como ficou. Espero que gostes.
      Um grande abraço, obrigada pela visita, volte sempre!

      Lori Ellis

      Excluir
  26. estou fazendo, ela está descansando desde as 12h e logo vai pro forno virar o meu jantar.

    achei que não cresceu muito, estou com medo!

    não tenho panela de ferro, vou fazer em uma panela de alumínio com tampa!

    ResponderExcluir
  27. Oi Karla, tudo bem?

    Seja bem vinda e muito obrigada por escrever comentando a tua experiência com esta receita. Espero que o teu pão tenha ficado muito bom, e que tu tenhas ficado feliz com o resultado. Quanto tempo deixaste fermentando? O tempo de fermentação pode variar de acordo com a temperatura ambiente. Mas se fizeres como eu falei, abafando com um filme plástico, a massa cresce muito bem. Se o teu pão não cresceu muito, talvez tenha sido algum problema com os ingredientes. escreve me contando como ficou, fiquei curiosa em saber se deu certo.
    Quanto a panela, não tem problema, desde que a tua panela de alumínio não tenha nenhuma parte de plástico ou madeira no cabo ou tampa, também pode ser usada para assar pão. Espero que tenha ficado bom.

    Um grande abraço, obrigada pela visita, volte sempre!

    ResponderExcluir
  28. Olá, gostei muito da receita, e irei testa-la com certeza.

    Tenho uma duvida. Minha panela de ferro tem a tampa com pegador de madeira, gostaria de saber se posso substituir a tampa da minha panela por, papel aluminio ou uma forma de aluminio como tampa?
    Isso alterá o processo de assar do pão ?

    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelle, tudo bem?

      Seja bem vinda e obrigada por acompanhar o blog. Se a tampa da tua panela tem madeira, use outra tampa que puder ir ao forno. Pode ser tampa de alumínio ou vidro, sem problema. Eu não acho que o papel alumínio vai funcionar para o pão, porque nunca usei, e não acho que seja uma boa alternativa. Ainda fico com a alternativa da tampa que puderes conseguir, que possa ir ao forno.
      Se fizer a receita me conta como ficou, espero que gostes. Um grande abraço e obrigada por vir me visitar, venha mais vezes!

      Lori Ellis

      Excluir
  29. Olá, tudo bem? Gostaria de saber onde você comprou essa panela de ferro, e se há algum fornecedor que venda pela internet. Obrigada, Simone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone, tudo bem?

      Seja bem vinda! Eu comprei esta panela de ferro nos Eua onde moro. Sei que tem muitas opções de panelas de ferro maravilhosas no Brasil, e eu ´tive até uma certa dificuldade em encontrar opções boas de panelas de ferro aqui. Lembro das panelas brasileiras que são muito boas e tu encontras com facilidade até em supermercados. Um lugar legal para comprar, é em mercados públicos. Quanto a comprar online eu não saberia te dizer se é uma boa ideia, até pelo peso da panela, acho que custaria muito caro o envio. Mas tenho certeza que se procurar bem tu vai encontrar várias opções de panela.
      Para este pão eu comprei uma panela de tamanho médio. O ideal é que tu veja as panelas para ter certeza de estar comprando a panela certa. Outro detalhe importante é a tampa. Se quiser assar este pão com a tampa, como eu fiz, compre uma panela com tampa só de ferro, que não tenha cabo de madeira.
      Espero que encontres a panela que estás procurando. Um grande abraço, obrigada pior acompanhar o blog e vir me visitar, volte sempre!

      Lori Ellis

      Excluir
  30. Lori, oi!

    Hoje fiz esse pão assado na panela de barro e no lugar da farinha integral, utilizei de centeio. Tive algumas dificuldades e vou compartilhar aqui.

    Na hora de modelar a bola precisei acrescentar muita farinha... não sei se passei da conta. A massa estava muito mole e no final das contas não consegui fazer uma bola como a sua, talvez tivesse que acrescentar mais farinha, não sei.

    Depois coloquei a massa sobre o papel vegetal e deixei uma hora e meia fermentando, ela cresceu bastante para os lados, porém, esqueci de enfarinhar o papel vegetal e a massa grudou toda. Quando coloquei na panela de barro foi um desastre, ela abriu e perdeu todo o volume.

    Ainda assim o resultado final foi saboroso! Só senti que a massa não cresceu tanto quanto poderia, mas normal, considerando que grudou no papel vegetal.

    Dúvidas:

    Na etapa da fermentação de uma hora e meia, posso cobrir a massa com apenas um pano grande? Ao invés de coloca-la sobre a mesa, posso colocar dentro de uma tigela com pano enfarinhado?


    Você tem ideia se precisou de muita farinha para montar a bola ou quantas vezes foi necessário move-la com a espátula?

    No mais, muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite João, tudo bem?

      Seja muito bem vindo e obrigada por escrever comentando a tua experiência com a receita. Da primeira vez que eu fiz foi mais ou menos assim como relatas. Eu acabei usando uma panela maior do que deveria, o pão esparramou para os lados e ficou achatado, feio, apesar de ter ficado muito gostoso, mesmo que o visual tenha deixado a desejar. No começo também tive bastante dificuldade em relação à massa ser mole e ter dificuldade para modelar a bolinha. Depois eu acabei pegando o jeito e com o auxílio da espátula começou a dar certo. Uso a quantidade de farinha necessária até sentir firmeza na massa, ou seja, até que eu sinta que posso transferir a massa para o lugar onde vai crescer.

      Tu podes colocar a massa em uma travessa ou tijela enfarinhada sim. Eu já fiz desta maneira e fica bem fácil de manusear quando for colocar na panela. tenho várias versões desta mesma receita. Faço com muita frequência aqui em casa, tanto o pão tipo rústico como este acima, como pãozinho tipo ciabatta ou baguetes. Vou te passar o link da tag Fermentação Lenta para que possas dar uma olhadinha e quem sabe isto possa te ajudar.

      http://blog.veganana.com.br/search/label/Fermenta%C3%A7%C3%A3o%20Lenta

      Espero ter ajudado a esclarecer as tuas dúvidas, e te garanto que tive dificuldades no início, mas com a prática, as coisas ficaram mais simples. Como tudo na vida, não é mesmo? Eu não contei quantas vezes virei a espátula, e não saberia te dizer isto mesmo, mas de qualquer maneira espero que tenha conseguido responder as tua perguntas e ajudar de alguma forma. Não desista, faz de novo que vai dar certo! Um grande abraço e muito obrigada por acompanhar o blog!

      Lori Ellis

      Excluir
  31. Lori,
    Adorei sua receita!!
    Depois de muito pesquisar, fiz uma exatamente igual, mas por minha conta e risco, pq ninguém indicou fazer desta forma, igual vc fez!
    Agora que vi, tudo detalhadinho e explicadinho, fiquei bem mais segura em continuar fazendo como eu fiz!!
    Muito obrigada por compartilhar sua experiência
    Bjoo
    Thais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Thais, tudo bem?

      Seja bem vinda! Obrigada pelo comentário sobre a receita. Que bom que gostaste da receita. Eu tive dificuldades de entender no início, e da primeira vez que fiz foi complicado. Por este motivo eu resolvi fazer até conseguir entender bem e me sentir segura para passar as orientações para vocês. Fazer as fotos do passo a passo foi algo que me deu muita alegria, porque quem me dera se eu tivesse encontrado isto quando tentei fazer no início. As imagens ajudam muito, e eu fico feliz que gostaste.
      Muito obrigada por acompanhar o blog e vir me visitar. Volte sempre!

      abraços
      Lori Ellis

      Excluir
  32. Olá Lori!
    Adorei a receita e já fui tentar hoje mesmo, aliás ontem rsrs.
    Estou nos últimos 15 minutos de forno sem a tampa.
    A receita realmente é simples, mas tive algumas dúvidas. Logo após o repouso de 12h, quando coloquei na mesa pra modelar, não soube bem a quantidade de farinha que deveria incorporar, não exagerei, ficou beeem mole e mesmo untando o papel vegetal, acabou grudando. Ficou meio bagunçado quando coloquei na panela, mas não achei que fosse interferir.
    Quando tirei a tampa, após meia hora de forno, achei a massa escura, não estava lindo como o seu. Difícil né? Ainda mais na primeira tentativa.
    Acabei de tirar do forna. Não ficou com uma cor linda e grudou na panela, tive que cortar em quatro para ir tirando do fundo da panela, uma pena.
    Mas, ficou delicioso e super crocante. Adorei! Com certeza farei novamente, mas preciso de uma alternativa para a panela não untada, grudou feio.
    Parabéns pelo blog e gratidão por compartilhar suas delícias.
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca, tudo bem?

      Seja bem vinda e muito obrigada por escrever comentando sobre a receita e a tua experiência. A massa é bem mole mesmo, eu tive dificuldade em manusear das primeiras vezes, e precisei adicionar bem mais farinha do que achei que poderia. Deu certo, apesar de eu ter ficado insegura e receosa das primeiras vezes. Com o tempo fui pegando o jeitinho e hoje não tenho mais problema, mesmo com a massa mole e aerada eu ainda consigo modelar direitinho só com a espátula e adiciono quanto farinha seja necessário até sentir uma certa firmeza na massa. Não te preocupe em relação a quantidade de farinha adicional, use o quanto achar necessário.
      Que estranho ter grudado mesmo com o papel vegetal, para mim grudou várias vezes no começo, mas sempre quando usei panelas ou formas e não forrei com o papel. Com o papel nunca grudou mesmo. Teve uma ocasião que eu fiz em uma panela esmaltada nova achando que ia arrasar e grudou tanto que eu tive que fazer da mesma forma que tu fez, cortar os pedaços pra não destruir a panela. E olha que eu untei bem e enfarinhei e mesmo assim grudou feio.
      Nunca grudou na panela de ferro, e nem na forma de barro que eu tenho, mas se eu uso outro tipo de forma tenho que tomar cuidado para forrar sempre com o papel senão gruda.
      Ainda bem que o teu pão ficou gostoso, apesar de todos os problemas que tiveste. Não desiste, faz de novo que tu vai ver que vai dar super certo e tu vai pegar o jeitinho. Tenta assar na panela de ferro se tiveres uma, para mim o melhor resultado sempre foi na panela de ferro. Mas no caso da panela de ferro não precisa untar e nem colocar papel. Basta aquecer a panela no fogo e colocar a massa na panela quente e levar para assar com a tampa se for possível. Volta para me contar como ficou quando fizeres novamente. Eu tenho várias versões do pão de fermentação lenta em diversas formas. Se quiser dar uma olhadinha nas outras receitas que eu tenho talvez as informações possam ser úteis para ti. Veja neste link http://blog.veganana.com.br/search/label/Fermenta%C3%A7%C3%A3o%20Lenta

      Um grande abraço e muito obrigada por acompanhar o blog.
      Lori Ellis

      Excluir
  33. Oi, querida, bela matéria!
    Obrigada pelo passo-a-passo tão esclarecedor, mas uma dúvida...tenho uma isca de levain, posso fazer seu mesmo processo e acrescentar o levain no lugar do fermento para pão? Aí posso deixar fermentar as mesmas 8 a 12 horas?
    Obrigada!
    Michélle.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michélle, tudo bem?

      Seja bem vinda e muito obrigada por acompanhar o blog e vir me visitar. Que bom que gostaste da receita. Eu não tenho nenhuma experiência com o levain, mas acho que ficaria super bom porque sei de pessoas que já fizeram este tipo de pão com o fermento levain. Este é um dos meus próximos projetos, começar a fazer o fermento em casa, o que com certeza é muito mais saudável. Pode deixar fermentar as 8 horas sim, mas lembre-se de quanto mais deixar fermentando mais azeda a massa fica, fica tipo sourdough. Se tu gostas, vai ficar ótimo. Eu adoro a massa bem fermentada e com aquele azedinho do sourdough. Se fizer a receita me conta como ficou, vou adorar saber. Venha mais vezes me visitar, um grande abraço,

      Lori Ellis

      Excluir
  34. Olá Lori, primeiramente gostaria de parabenizar você pelo seu blog maravilhoso, muito bem escrito e explicativo!! Já fiz duas vezes a sua receita, o primeiro não cresceu muito e ficou úmido por dentro; o segundo, deixei mais tempo assando, ficou lindo mas, também, ficou úmido por dentro ��. Por gentileza, vc poderia dizer como faço para que não fique úmido por dentro? Muito obrigada e bjs . Não consegui mandar a foto do pão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Regina, tudo bem?

      Seja bem vinda e muito obrigada por escrever comentando a tua experiência com a receita. Este pão cresce muito bem, e eu não entendo o porque o teu não cresceu tanto da primeira vez. Alguns fatores podem influenciar para que isto aconteça, como por exemplo, os ingredientes e o forno. Verifique se os ingredientes estão bons e principalmente o fermento se está dentro da validade indicada na embalagem. Não esqueça de pré-aquecer bem o forno e deixar assar o tempo indicado, ou se for necessário, deixe um pouco mais, sempre controlando para que não queime. Quanto o fato de ter ficado úmido por dentro, pode ter sido por causa do forno, que talvez não estivesse na temperatura adequada quando colocaste o pão para assar. Outro detalhe importante é deixar o pão crescer depois de modelado conforme eu explico na receita.

      Sinto muito que não tenha ficado bom, mas como eu falo na receita, não desista, tente novamente e vá descobrindo aos poucos como melhorar até que consigas chegar a um bom resultado que te deixe bem feliz. Eu tive muitas dificuldades de acertar, e por isto resolvi fazer as fotos e a descrição minuciosa do passo-a-passo para facilitar a vida de quem quiser fazer também. Se fizer novamente me conta como ficou. Espero que consigas fazer um pão lindo e delicioso. Um grande abraço e obrigada por acompanhar o blog.

      Lori Ellis

      Excluir
  35. Cara Lori Ellis, bom dia.Quero dar-lhe parabéns pelas suas explicações muito detalhadas o que faz com que seus leitores tenham sucesso com os resultados obtidos. podem até virarem padeiros profissionais. Estou fazendo meu pão pela primeira vez, com fermento caseiro, até agora com ótima fermentação (método Benjamim Abrão). Minha pergunta é: sua panela de ferro, comprada nos EUA, pode ser diferentes das brasileiras; não sei, comprei uma aqui no Brasil, nunca usei, mas pretendo fazer isso imediatamente, mas, meu receio é: será que o pão grudaria em minha panela nova? terei que ter algum procedimento antes do uso?, ou seja, untar a panela ou enfarinhá-la? Como sei que você é muito ocupada e não pode responder de imediato, a princípio, vou usar papel manteiga. Agradeceria muito pelo que puder informar. E.T. Você é uma pessoa de bom coração. pelo que vejo, dá as informações de uma maneira que qualquer leigo possa ter resultados satisfatórios e ainda se propõe a responder aos seus leitores sem segundas intenções a não ser ajudar à quem necessita de esclarecimentos sobre a matéria. Mais uma vez, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sergio, tudo bem?

      Seja bem vindo e muito obrigada pelas palavras tão gentis e elogios ao meu trabalho. Fico feliz e agradecida por acompanhares o blog. Esta receita de pão de fermentação lenta realmente necessita de um cuidado maior no sentido de informar bem os leitores para que consigam o mesmo sucesso que eu consigo depois de ter testado várias vezes. Fico muito feliz em poder ajudar as pessoas a se alimentar de uma forma mais saudável e econômica aprendendo a produzir os seus próprios alimentos.
      Pena que não consegui responder antes a tua pergunta, fiquei curiosa com o resultado, e se puder escrever me contando como ficou o pão, eu adoraria saber. Da próxima vez que tiver uma pergunta meio urgente, escreve na página Veganana no Facebook que eu consigo responder mais rapidamente. Aqui o volume de mensagens diárias é maior do que o tempo que eu tenho para responder. Lá a coisa é mais dinâmica e muitas vezes eu consigo falar em tempo real com as pessoas.
      Quanto a panela de ferro, eu acho que no final é tudo a mesma coisa. Eu sinceramente adoro as panelas de ferro brasileiras, muito mais do que as daqui. Se pudesse traria daí, mas é impossível devido ao peso. Sempre gostei muito de panelas de ferro e lembro que quando morava no Brasil tinha aquelas lindas panelas da vovó, uma marca que nem sei se ainda existe no mercado.
      A panela de ferro quente conforme eu explico na receita não vai deixar o pão grudar. Mas tem que seguir os passos da receita porque se quiser fazer o pão com a casca grossa estilo rústico como este, o ideal é aquecer a panela de ferro antes de colocar a massa, e não untar a panela. Como a panela de ferro vai ficar no forno aquecendo, se colocares óleo vai queimar. Pode também usar o papel manteiga ou vegetal, esta é uma opção.

      Se quiser fazer na panela de ferro sem aquecer antes, pode untar sim. Eu fiz um pão ontem na frigideira funda de ferro e como assei no forninho elétrico, não aqueci a frigideira. Deixei a massa fermentar, e ao invés de modelar eu simplesmente untei a frigideira, coloquei a massa sem modelar, apenas despejei e ajeitei com a espátula, cobri e deixei crescer por 40 minutos antes de assar. Uns 15 minutos antes eu liguei o forno e assei o pão que ficou lindo, mas não ficou com a mesma casca grossa como este desta receita aqui. Ficou ótimo, mas a parte de baixo ficou mais macia justamente porque eu não coloquei a frigideira para esquentar e porque eu untei a frigideira.
      As panelas de ferro quando novas tem que passar por um processo antes de serem utilizadas. Primeiro lava apenas com água, sem usar detergente ou sabão. Depois coloca um pouco de óleo e espalha bem na panela, leva ao fogo e deixa aquecer bem. Com muito cuidado e usando luvas, remova a panela quente do fogo e leve a pia. Despeje agua quente e da mesma forma, não use sabão ou detergente, apenas despeje agua sobre a panela. Devolva ao fogo e deixe secar. Fazendo isto a panela nunca vai enferrujar. Cuidados muito importantes com a panela de ferro. NUNCA use detergente ou sabão de espécie alguma para lavar. Lave sempre com agua quente e seque no fogo. Se grudar alguma coisa, use uma escovinha ou papel toalha para retirar debaixo da água, enxugue bem com papel seco e deixe secar no fogo. Nunca guarde as panelas molhadas, sempre seque no fogo por apenas alguns minutos. Eu tenho várias panelas de ferro e uso muito, acho que são muito melhores do que as outras, além de deixar os alimentos mais deliciosos, eu acho fácil de usar e manter. O único problema é o peso.

      Espero ter esclarecido a tua dúvida, e vou ficar aguardando a tua resposta para saber como foi a tua primeira experiência com o pão de fermentação lenta. Espero que tenha dado certo. Um grande abraço, obrigada pela visita, volte mais vezes!

      Lori Ellis

      Excluir
  36. Ola Lori!
    Quero muito fazer essa receita. Minha duvida é em relação à panela de inox. Preciso aquecer a panela de inox com a tampa antes de colocar a massa pra assar?

    Em uma outra experiência, com outra receita, deixei a massa modelada dentro da caçarola de inox com papel mantega, mas com o crescimento da massa o papel entrou dentro do pão, quando tirei o pão assado a parte de baixo ficou com esses pedacinhos de papel dentro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata, tudo bem?

      Seja bem vinda e muito obrigada por escrever comentando sobre a receita. A panela de inox não deve ser aquecida antes de usar. Este procedimento é somente aplicado a panela de ferro. Pode untar e enfarinhar a panela, pode forrar com papel manteiga, colocar a massa, deixar crescer e depois colocar no forno quente.
      Para evitar que o papel manteiga entre na massa do pão, pode untar depois de colocar na panela, ou então apenas untar bem a panela e enfarinhar. Se untar o papel depois de colocar dentro da panela, não vai grudar e nem entrar dentro da massa. Espero ter ajudado, se fizer novamente me conta como ficou. espero que fique legal, e que tu fiques bem feliz! Um grande abraço e muito obrigada por acompanhar o blog.

      Lori Ellis

      Excluir

Olá,
Seja muito bem vindo e obrigada por visitar o meu blog!
Seu comentário será lido e assim que possível respondido neste mesmo post. Por favor assine o seu comentário para que eu possa conhecê-lo também.Obrigada pela visita e volte sempre!

Lori Ellis