Como Germinar Trigo Sarraceno - Barbarelismus

Me apaixonei pelo trigo sarraceno germinado, ele é agora a minha “farinha crua” favorita. É totalmente livre de glúten e uma excelente fonte de fibras, vitaminas e minerais, com a vantagem de ter poucas calorias e gorduras. Depois de germinado ele é facilmente digerível. Perfeito para minhas sobremesas crudívoras quando estou já cansada da farinha de amêndoas e quiser fazer docinhos menos calóricos. Barbarelismus


IMPORTANTE:

1) A farinha de trigo sarraceno PRECISA ser germinada antes de ser usada em receitas crudívoras. Triturar os grãos comprados diretamente em farinha causará problemas a você.

2) Certifique-se de que os grãos sejam orgânicos e não refinados e crus. Se tiverem sido processados de alguma forma eles não germinarão. Não compre grãos de trigo torrados/tostados.



COMO FAZER:

Etapa 1:
Lave bem os grãos em água corrente fria.












Etapa 2:
Deixe os grãos de molho em água por 30 minutos.












Etapa 3:
Lave os grãos novamente até ficarem bem limpos (às vezes os grãos ficam melentos porque o sarraceno libera uma certa cola). Os grãos que boiarem na água devem ser descartados. Transfira-os para uma peneira ou filtro de malha de inox grande para iniciar o processo de germinação. Cubra com uma toalha fina para proteger contra insetos e deixe em um lugar claro e ventilado (mas sem luz direta).












Etapa 4:
Lave os grãos pelo menos 2 vezes ao dia (em dias muito quentes, lave mais vezes), deixando-os germinar depois como na Etapa 3. Não os deixe secar, senão a germinação será interrompida.

Etapa 5:
Depois de 2 dias você notará a germinação através de pequenos caules. Você pode parar o processo imediatamente ou deixar que germinem mais (eu geralmente deixo 3 dias).













Etapa 6:
Lave-os pela última vez e então coloque-os direto no desidratador. Desidrate-os por 4-5 horas em 46˚C ou até que fiquem totalmente secos.

















Etapa 7:
Quando os grãos estiverem secos, deixe-os esfriando por alguns minutos e depois você pode tritura-los em farinha. Você pode usar o processador, liquidificador ou moedor de grãos.  Faça como for mais conveniente para você, e tenha cuidado ao processar caso o seu aparelho não seja muito potente. Processe em pequenas quantidades. Armazene a farinha na geladeira.

















O Blog Barbarelismus é escrito em inglês, e tem receitas maravilhosas, diferentes e saudáveis, que estão sendo traduzidas e serão postadas aqui com exclusividade. Visite o blog Barbarelismus clicando aqui e curta a Fan page no Facebook clicando aqui. Vale a pena curtir e acompanhar.

ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG BARBARELISMUS. SE VOCÊ GOSTOU E QUISER COMPARTILHAR OU POSTAR, POR FAVOR DÊ OS DEVIDOS CRÉDITOS. OBRIGADA!

6 comentários

  1. Estou te seguindo passo a passo, gostei muito do teu blog, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Penelope, tudo bem?

      Muito obrigada pelo carinho de escrever este recadinho tão simpático. Fico feliz que acompanhas este trabalho que eu faço com tanto amor! Um grande abraço, adorei a tua visita, venha mais vezes!

      Lori Ellis

      Excluir
  2. ola, gostaria de saber se apos sair essa radicula,2 a 3 dias de germinação posso comer os grãos crus, ou devem serem cozidos, se sim quais deles por gentileza, e se posso esperar 4 a 5 dias ate saírem as folhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Guilherme, tudo bem?

      Eu passei a tua pergunta para o Blog Barbarelismus que colaborou conosco com esta receita. Veja a resposta abaixo. Espero ter ajudado, se tiveres mais alguma dúvida estamos à disposição. Obrigada por acompanhar o blog.

      Lori Ellis

      Excluir
  3. Oi Guilherme! A Veganana entrou em contato comigo e esotu aqui respondendo a vc -- Pode comer sim os grãos depois de aparecerem as radículas, mas JAMAIS crus direto do pacote -- tem mesmo que deixar germinar um pouco ou deixar de molho por pelo menos um dia antes de consumir. Muitos usam em tigelas de café da manhã jhunto com frutas, igual aveia. Se puder, desidrate-os; assim, a digestão é melhor e o gosto também. Quanto às folhas, não sei, nunca deixei tanto tempo! Acho até meio ruim porque pode criar fungo se você se descuidar na hora da lavagem. 3-4 dias são mais que o suficiente. Se você não é crudívoro, não precisa germinar e pode cozê-los igual a arroz antes de consumir (eu deixaria também umas horinhas de molho antes pra remover os fitatos). Eu só germino quando quero fazer farinha para sobremesas cruas; de resto, prefiro consumi-lo cozido normalmente. Se você nunca comeu trigo sarraceno, melhor experimentar a versão cozida antes. Ele tem um gosto bem característico que alguns acham muito intenso. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga,

      Muito obrigada pela resposta ao Guilherme, e principalmente obrigada por colaborar com receitas tão maravilhosas como esta!

      beijos
      Lori Ellis

      Excluir

Olá,
Seja muito bem vindo e obrigada por visitar o meu blog!
Seu comentário será lido e assim que possível respondido neste mesmo post. Por favor assine o seu comentário para que eu possa conhecê-lo também.Obrigada pela visita e volte sempre!

Lori Ellis