"Carne" Vegana sem Glúten e sem Soja

Finalmente uma receita de “carne” vegana que deixará tanto os celíacos (que não podem comer seitan) quanto os que não gostam de soja (que não comem proteína de soja) felizes.  
FICOU INCRÍVEL!  Barbarelismus


Esta é uma receita muito interessante que eu vou experimentar, com certeza. Pelos ingredientes utilizados pode-se ter uma idéia da delícia que ficou. Fiquei imaginando fazer um grelhado com e já imaginei mil coisas. O bom de testar receitas diferentes é que cada um que faz dá um toque pessoal e modifica alguma coisa testando alternativas e sabores diferentes.  (Veganana)



INGREDIENTES 
           
  • 1 xícara de caldo vegetal com algumas gotas de liquid smoke/fumaça líquida
  • 1 xícara de água fervente
  • ⅓ xícara de aveia sem glúten
  • ¼ xícara de farinha de arroz (separe mais para depois trabalhar a massa)
  • ¼ xícara de farinha de grão-de-bico
  • ¼ xícara de proteína de ervilha pura
  • 2 colheres de sopa de farinha de tapioca/polvilho azedo
  • 2 colher de chá de psílio triturado/em pó
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 4 colheres de sopa de extrato de tomate
  • 3 colheres de sopa de tamari ou molho de soja sem glúten
  • 2 colheres de sopa de nutritional yeast/levedura nutricional
  • 2 colheres de sopa de linhaça
  • 1 colher de chá de sal do Himalaia ou marinho
  • 1 colher de chá de páprica em pó
  • 1 colher de chá de cebola em pó
  • 1 colher de chá de alho em pó
  • 1 colher de chá de orégano seco
  • 1 colher de chá de cominho em pó
  • 1 colher de chá coentro em pó
  • ½ colher de chá de pimenta-do-reino


COMO FAZER 

1 - Ferva água em uma panela com a peneira adicional para comida a vapor inserido. Em uma panela pequena, dissolva o caldo vegetal e liquid smoke. Em uma tigela, combine a aveia e ⅓ de xícara do caldo vegetal pronto. Misture e deixe descansar por 10 minutos ou até que o caldo esteja totalmente absorvido. Reserve.

2 - Em uma tigela grande, adicione a farinha de arroz, a farinha de grão-de-bico, a proteína de ervilha, a tapioca e o psílio. Misture bem.

3 - Em uma tigela menor, combine o azeite, o extrato de tomate, o tamari, o nutritional yeast, a linhaça, os temperos e ⅓ do caldo vegetal pronto. Misture bem. Adicione a aveia aos ingredientes líquidos e mexa até que vire uma pasta uniforme.

4 - Adicione esses últimos ingredientes líquidos misturados à tigela com os ingredientes secos. Usando uma espátula, misture até que uma massa se forme. Em seguida, umedeça as mãos e trabalhe a massa até que ela fique lisa e compacta. Se estiver muito úmida ou seca, molhe mais as mãos ou adicione mais farinha. Quando a massa estiver a seu gosto, deixe-a descansar por 10 minutos. Ela deverá estar um pouco grudenta e não muito seca.

5 - Divida a massa em 4 porções. Molde de acordo com a sua preferência, por exemplo, em forma de bife. . Lembre-se que eles se expandirão um pouco quando forem cozidos no vapor. Deixe-os descansar por mais 5 minutos.

6 - Enrole cada porção em papel manteiga e cozinhe no vapor por 20 minutos. Remova os pacotinhos da panela no vapor e deixe que esfriem por algumas horas antes de refrigerar. Coloque na geladeira e deixe lá durante pelo menos uma noite inteira (8 horas). Para cozinhá-los, basta tirar da geladeira e deixar que voltem à temperatura ambiente. Em seguida, prepare como desejar (na chapa, na frigideira, assado...).


O Blog Barbarelismus é escrito em inglês, e tem receitas maravilhosas e diferentes, saudáveis e sem glúten. Todas as receitas do Barbarelismus estão sendo traduzidas e serão postadas aqui para vocês. Visite o o blog clicando aqui e curta a Fan page no Facebook clicando aqui. Vale a pena curtir e acompanhar!

Inspirada nesta receita original em inglês: Veja aqui

ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG BARBARELISMUS. SE VOCÊ GOSTOU E QUISER COMPARTILHAR OU POSTAR, POR FAVOR DÊ OS DEVIDOS CRÉDITOS. OBRIGADA!

16 comentários

  1. Boa tarde,
    Gostaria de saber em que consiste a proteína de ervilha pura e se é possível obtê-la artesanalmente (em casa), a partir de ervilhas. É que nunca ouvi falar antes deste ingrediente e fiquei com muita vontade de fazer a receita...
    Obrigada desde já,
    Adélia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Cassandra,

      Seja muito bem vinda e obrigada por acompanhar o blog!
      A proteina de ervilha pode ser sim feita em casa a partir da ervilha seca que pode ser processada ou liquidificada ate virar uma especie de farinha. Existe para vender tambem, mas eu nao saberia te indicar nenhuma marca brasileira. Tu ate podes pesquisar na internet e quem sabe encontras em casas de produtos naturais ou fitness. Mas pode fazer em casa sem problemas, o que eu acho bem mais facil e acessivel. Para esta receita pelo menos nao e necessario que seja a proteina comprada pronta.
      Tambem quero muito fazer esta receita e vou me programar em seguida. Mas com certeza vou fazer a proteina de ervilhas em casa. Se fizeres, volta para me contar como ficou, espero que gostes.

      Um grande abraco, volte sempre para me visitor!

      Lori Ellis

      Excluir
  2. Obrigada Lori :)
    Eu sou portuguesa e moro em Lisboa. Aqui nunca ouvi falar desta proteína. Acho que o Brasil pela multiculturalidade que tem desenvolveu muito mais o acesso a ingredientes que em Portugal, mesmo em Lisboa são muito difíceis de encontrar. Já fiz muitas das suas receitas e saem sempre bem. Agora a minha próxima demanda vai ser em busca de jaca seca. Vou tentar nos supermercados brasileiros :)
    Quando fizer esta receita de carne vegetal sem glúten prometo dar-lhe um feedback.
    Obrigada por partilhar as suas receitas comigo. São sempre fonte de inspiração!
    Um grande abraço para si também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cassandra,

      Pode ser mesmo que não consigas encontrar a proteína de ervilha em Portugal onde moras. Mas o bom é que podes fazer com as ervilhas secas que vai ficar muito bom.
      Fico feliz em saber que já fizeste algumas das receitas e gostaste. Olha que legal, eu também estou a procura de jaca verde. Vamos ver se consigo encontrar por aqui.
      Eu sou brasileira e moro nos Eua, e muitas vezes não consigo encontrar coisas que tem no Brasil em abundância tipo a jaca verde. Estou louca para fazer a receita da carne de jaca verde. Da ultima vez que fui ao Brasil tive a oportunidade de experimentar e achei maravilhosa!
      Vou esperar o teu feedback sobre a receita quando fizeres. Espero que gostes!

      Um grande abraço, adorei ter contato contigo!
      Lori Ellis

      Excluir
    2. Obrigada eu Lori! :)
      A ervilha seca está na minha lista de compras para mais logo. Moro ao pé do mercado e existem bancas que vendem feijão e grão secos. Provavelmente também têm ervilhas secas, eu é que nunca procurei porque os meus pais costumam trazer-me das frescas da horta biológica deles. A minha mãe até deve ter, mas estão guardadas para semende do ano que vem.
      Quanto à jaca nem verde nem seca até agora :(
      Estive a pesquisar e vi que é um fruto originário da Índia, por isso vou procurar nos supermercados indianos, já que nos brasileiros não encontrei. Se encontrar será seca, mas posso demolhá-la como faço aos funghi secos e também deve resultar. A Lori nem sabe as voltas que tenho de dar para encontrar alguns dos ingredientes das suas receitas! Fazem falta supermercados vegan com variedade neste país! Quando for euromilionária vou abrir um :D
      Um grande abraço e felicidades!
      Adélia Pires

      Excluir
    3. Oi amiga, tudo bem?

      Que maravilha poder consumir produtos frescos da horta biológica dos seus pais. isto é uma verdadeira bênção. Fico feliz por ti, porque realmente poder consumir alimentos frescos e orgânicos não tem preço, é bom demais!
      Tem coisas que eu encontro somente em supermercados asiáticos por aqui, mas pelo menos tem opção de buscar nestes lugares. Estou procurando a jaca verde, quando encontrar quero muito fazer, e esta receita de carne vegetal eu vou fazer em seguida. Vou comprar os ingredientes e com certeza farei a minha versão desta deliciosa receita.
      Eu sei muito bem como é não encontrar os ingredientes que se quer para as receitas. Mas o bom é que na maioria das vezes se pode substituir com facilidade.
      Se precisar de alguma dica ou sugestão de substituição de ingrediente para alguma receita, me escreve que se puder te ajudo. Ah vou ficar torcendo para que fiques euromilionária e consigas abrir um grande mercado cheio de comida vegana em Portugal. Vai ser ótimo e muita gente vai ser ajudada com isto. Vamos torcer! hehehe

      Um grande abraço para ti querida amiga, adorei a tua visita e teus recadinhos tão carinhosos. Volte sempre para trocar ideias comigo!

      Felicidades para ti também!
      Lori Ellis

      Excluir
  3. Boa tarde!
    Por ser uma receita trabalhosa, poderíamos congelar os bifinhos prontos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia, tudo bem?

      Que bom que gostaste da receita. Pode congelar sim, sem problema. É bem mais prático, e depois tu prepara na hora de consumir. De preferência congele os bifinhos separados para facilitar a tua vida quando for utilizar. Pode embrulhar eles individualmente e congelar um grupo juntos. Me conta como ficou quando fizeres, espero que gostes.
      Um grande abraço, obrigada por acompanhar o blog!
      Lori Ellis

      Excluir
  4. Achei muito legal essa adaptação da receita da Rhea, do blog TheVWord, mas na receita original ela não recomenda usar farinha de grão de bico, pois, segundo ela, deixa a carne com um gosto de pão. O que poderíamos usar no lugar da farinha de grão de bico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduardo, tudo bem?

      Seja bem vindo e muito obrigada pelo comentário sobre a receita. A Rhea utilizou farinha de soja, de amaranto e ervilha. Eu não usaria farinha de soja e nem a de amaranto, se fizesse a receita. A soja porque eu não gosto de e a de amaranto porque acho muito amarga, já usei em receitas e não gostei do sabor final. A Bárbara do blog Barbarelismus que testou a receita, usou aveia, farinha de arroz, farinha de grão de bico e ervilha. Ela adaptou a receita na versão sem glúten utilizando as farinhas que tinha em casa, e até onde eu sei ficou ótimo e não ficou com gosto de pão, porque ela até comentou isto comigo quando me mandou esta receita. Eu tenho que experimentar, ainda não fiz, mas está na minha lista de receitas a fazer. Tanto eu como a Barbara não gostamos da farinha de soja, e eu quando fizer também não vou usar, assim como comentei antes, e nem a de amaranto porque tenho receio de estragar a receita pelo amargor final. Se quiser fazer a versão sem glúten pode usar a farinha de arroz combinada com as outras que tiver acostumado a usar. Eu acredito que o tipo de farinha não vai mudar muito a receita, desde que se consiga uma boa consistência e sabor. Fiquei curiosa em relação a farinha de grão de bico deixar gosto de pão e fui ver no link que me mandaste abaixo. Ela comentou isto falando da receita do seitan sem glúten, que talvez tenha um processo de preparo diferente. De qualquer forma, foi bom ler o teu comentário e visitar o blog dela para entender esta colocação sobre a farinha de grão de bico. Eu não testei, mas quando fizer vou saber como fica e com certeza vou postar aqui para vocês comentando a minha experiência. Um grande abraço e muito obrigada por acompanhar o blog. Se fizer a receita me conta como ficou, espero que gostes.

      Lori Ellis

      Excluir
  5. Nesse link - http://thevword.net/2013/12/its-here-introducing-v-meat-the-v-words-gluten-free-answer-to-seitan.html?lang=pt - ela fala sobre a receita e dá a dica de não usar a farinha de grão de bico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduardo, a resposta está acima.

      Lori Ellis

      Excluir
  6. Lori, parabéns pelo seu blog! Estou pesquisando sobre comidas veganas e você dá muitas dicas legais. Obrigada e sucesso!
    Ana Maria Zamaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, tudo bem?

      Seja muito bem vinda e obrigada pela visita e mensagem. Fico muito feliz em saber que estás aqui e aprecias as receitas. Agradeço pelo carinho das tuas palavras e por acompanhar o blog. Venha sempre me visitar!

      abraços,
      Lori Ellis

      Excluir
  7. Boa tarde. A fumaça Líquida não deveria estar em uma receita vegana, já que são feitos testes com ela em animais para análise de toxicidade (LD50) . Há algum substitutivo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?

      Muito obrigada pelo comentário sobre a fumaça líquida. Fui pesquisar sobre o assunto e encontrei um artigo no site Veggietal que fala sobre isto. Como eu moro nos EUA, a fumaça líquida que compro é comprovadamente vegana, eu não saberia te dizer nada sobre a versão brasileira. Mas somente o fato de que existe a suspeita de toxicidade, é suficiente para não usar mais. Eu gosto muito de usar a páprica defumada, acho que dá um gostinho especial aos alimentos. Se quiser dar uma olhada no link abaixo, tem informações muito boas sobre a fumaça líquida e inclusive apresenta uma receita bem legal para substituir a mesma. Espero ter ajudado, obrigada por acompanhar o blog.

      Lori Ellis

      http://www.veggietal.com.br/fumaca-liquida-substituir/

      Excluir

Olá,
Seja muito bem vindo e obrigada por visitar o meu blog!
Seu comentário será lido e assim que possível respondido neste mesmo post. Por favor assine o seu comentário para que eu possa conhecê-lo também.Obrigada pela visita e volte sempre!

Lori Ellis