Moqueca de Banana-da-Terra

Fazia muito tempo que eu queria em experimentar esta receita, e finalmente consegui reunir os ingredientes (ou quase todos) que precisava, e eu fiz pela primeira vez esta maravilha. O que mais me deixou feliz foi ver o meu marido se deliciando com esta iguaria da culinária brasileira. Eu achei que ia comer sozinha, mas ele adorou e até repetiu! Na medida do possível utilize ingredientes orgânicos para as suas receitas. 
Por Lori Ellis /Veganana

Aprendi a fazer receitas com banana-da-terra inspirada pela minha querida amiga Bárbara, do blog Barbarelismus, e estou adorando! Ela fez a moqueca inspirada na receita da Bela Gil, e eu fiquei com muita vontade de experimentar, mas apesar de seguir os passos da receita da Bela, acabei fazendo como deu, e mesmo assim ficou muito bom. Quando eu fiz esta receita não tinha um dos um dos ingredientes mais importantes, o azeite de dendê. Fiz assim mesmo, usei óleo de coco de sabor neutro. Depois de ter feito pela primeira vez, eu finalmente encontrei o famoso azeite de dendê. A banana-da-terra é tudo de bom, eu fiquei realmente surpresa com o sabor deste prato, nunca imaginei que ficaria tão gostoso. A combinação de ingredientes é perfeita, e eu achei tudo muito simples de fazer.

Pesquisando sobre a moqueca de banana-da-terra, eu descobri que o modo tradicional de preparo requer uma panela de barro. Claro que eu não tenho, e acabei fazendo na frigideira de cerâmica mesmo. Já procurei por panela de barro aqui nos Usa, e achei muito caro, acabei não comprando. Vou pesquisar mais, pois esta é uma panela que eu gostaria de ter, especialmente depois de me apaixonar por esta deliciosa receita, vou querer aprimorar a técnica para chegar mais perto da original. Quem sabe quando eu for ao Brasil da próxima vez, possa trazer uma panela de barro das boas (nem que seja no colo), rsrsrs

Na ocasião que eu fiz esta receita, não tive a oportunidade de saborear como gostaria, porque fiz muitas fotos do passo a passo e depois de pronta, fiz as fotos, para não perder o visual fresco e lindo da moqueca. Resultado, depois de mais de 200 fotos feitas, na hora de comer já não estava tão boa como quando recém cozida. Então eu descobri que este prato deve ser consumido ainda quente, e que não fica muito bom se sobrar, a banana vai endurecendo a medida que esfria. Guardar para o outro dia, nem pensar, eu fiz isto e não gostei da moqueca requentada. O ideal é preparar uma quantidade que vai ser consumida no dia, para poder aproveitar bem o sabor da moqueca fresquinha.

Quando consegui comprar o azeite de dendê, repeti a receita para saborear sem me preocupar com fotos. Vida de blogueiro é assim mesmo, primeiro as fotos, depois se pensa em comer. Geralmente a comida está fria, passada do ponto, quando se vai comer, mas o importante mesmo são as fotos. Também descobri que é possível fazer moqueca com palmito, cogumelos e carne de jaca verde. Com certeza vou experimentar estas possibilidades também.

Grau de dificuldade: Medio 
Rendimento: 8 porções
Preparação: 40 minutos



INGREDIENTES 

  • 3 bananas-da-terra maduras 
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco
  • suco de 1 limão grande
  • 1 cebola grande picada
  • 2 dentes de alho grandes
  • 2 tomates grandes picados
  • 2 colheres de sopa de azeite de dendê (eu não usei)
  • 1 xícara de leite de coco cremoso
  • coentro (opcional, eu não usei)
  • 1/4 de xícara de pimentão vermelho picado
  • pimenta do reino moída (opcional)
  • sal marinho ou do hilamaia a gosto



PREPARO 

Eu fiz o molho de tomates em uma panela separada, totalmente diferente do que manda a receita original. Se quiser seguir a receita original e fizer na panela de barro, frite os temperos, prepare o molho e adicione as fatias de banana para cozinhar no molho. Se fizer fazer a legítima moqueca baiana veja a receita da Bela Gil clicando aqui.  Veja abaixo como eu fiz.






Pique a cebola e o tomate. Aqueça 2 colheres de sopa de óleo na panela e frite a cebola, deixando dourar um pouco até que fique transparente. Tempere com uma pitadinha de sal. Acrescente o pimentão e os tomates picados, abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar enquanto prepara o restante da receita.







Descasque as bananas e corte em 3 pedaços. Corte cada pedaço em fatias grossas no sentido do comprimento.




Eu fiz 3 fatias de cada pedaço porque as bananas que utilizei eram bem grandes. Disponha as fatias em um prato grande depois de cortadas.







Esprema o limão sobre as fatias de banana distribuindo uniformemente. Tempere com uma pitadinha de sal e se desejar, salpique um pouco de pimenta do reino moída na hora.



Quem não tem panela de barro cozinha a moqueca na frigideira, ou na panela que tiver. Quem não tem azeite de dendê, usa óleo de coco ou outro óleo vegetal. Se você tiver azeite de dendê, frite as bananas com ele, faz uma grande diferença. Coloque as duas colheres de sopa de óleo na frigideira e deixe aquecer.




Frite rapidamente o alho picado bem miudinho e acrescente as fatias de banana. Deixe fritar por alguns minutinhos e vire com cuidado para que não se quebrem.









A estas alturas o molho já está bem cozido. Verifique o tempero e desligue o fogo. Como já falei antes, você pode fazer tudo em uma panela grande. Eu resolvi fazer assim, e no fim acabei tenho mais panelas para lavar...




Depois que as bananas estiverem douradinhas, despeje o molho de tomates sobre as mesmas e deixe por um ou dois minutos apenas para que o molho se integre às fatias de banana.





Em seguida acrescente o leite de coco. Eu usei um leite de coco bem cremoso, achei que este seria o mais indicado para esta receita.






O leite de coco vai derreter e se misturar ao molho cobrindo as bananas. Tampe a panela ou frigideira, e deixe cozinhar em fogo baixo por mais ou menos 10 ou 15 minutos, até que o molho fique cremoso. Não deixe secar muito.





Quase no final do cozimento, acrescente coentro ou salsinha picada. Eu não tinha nenhum dos dois e usei cebolinha verde picada.






Se tiver aquela maravilhosa panela de barro, sirva na própria panela. Senão, sirva como puder. Eu servi em uma travessa.



Eu servi com arroz branco e salada. Sirva com o arroz que você preferir. Se tiver, e quiser, pode regar com um pouco do azeite de dendê depois de pronto. Não esqueça de servir quentinho. Apesar de todo o improviso, eu amei esta receita. Virou hit aqui em casa!





SAIBA MAIS SOBRE A BANANA DA TERRA

A banana-da-terra tem mais vitaminas do que as outras bananas, embora tenha um valor nutricional semelhante. Ricas em potássio, fibras e vitaminas B e C, as bananas em geral são uma fonte grande fonte de energia. São as maiores bananas conhecidas, chegando a pesar 500 g cada fruta e a ter o comprimento de 30 cm. Devem ser consumidas cozidas, fritas, assadas ou grelhadas.Clique aqui para saber mais informações.















ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA. SE VOCÊ GOSTOU E QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, POR FAVOR POSTE O LINK DO BLOG COMO REFERÊNCIA DE AUTORIA. OBRIGADA!

3 comentários

  1. Oi Lori, gostei de ver sua moqueca. Sou baiana e aprecio muito a culinária tradicional da minha terra que leva dendê. Já fiz com vários ingredientes como: chuchu, abóbora, banana... e sempre fica maravilhosa. Sugiro que experimente utilizar amendoim torrado sem casca (que nesse caso entra na receita batido no liquidificador com cebola, gengibre, coentro fresco e um pouquinho de água). Parabéns e obrigada pelas suas receitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juli, tudo bem?

      Seja bem vinda baianinha, muito prazer em conhecê-la! Ninguém para falar melhor da moqueca do que um baiano, e eu adorei as tuas dicas. Vou experimentar outras possibilidades agora que tenho o ingrediente principal, o famoso azeite de dendê. Tu acredita que eu nunca tinha comido moqueca? que não fazia a menor ideia do sabor do dendê? Nunca tive a oportunidade de conhecer a linda Bahia, seus encantos e sua comida tão famosa! Quando eu morava no Brasil (sou gaúcha), as coisas eram mais regionais, agora a globalização é uma realidade, e se consegue conhecer e vivenciar a cultura de outros estados brasileiros mesmo sem ir visitá-los.
      Amei a ideia do amendoim torrado. Tenho em casa, e casualmente comprei banana da terra ontem. Já decidi o nosso jantar de amanhã, vai ser uma deliciosa moqueca de banana da terra com esta tua sugestão. Vou ver se consigo coentro fresco, gengibre eu tenho. Ah me empolguei. Pode deixar que depois eu volto aqui para te contar como ficou! Adorei a tua visita Juli, venha sempre por aqui, ok? Muito obrigada por acompanhar o blog, um grande abraço!

      Lori Ellis

      Excluir
  2. Lori, parabéns por pesquisar sobre a nossa moqueca. E no intuito de enriquecer e bem informar quem aqui chega, devo(como baiana e apreciadora de nossa culinária),aqui na Bahia fazemos tradicionalmente da seguinte forma: FATIA-se o ingrediente principal(nesse caso especifico,a banana),faz-se um vinagrete com(obrigatoriamente) coentro,pimentões,cebola,tomate e limão(tudo picado. Mergulha-se a estrela(banana,ou batatas ou batata e cenoura,ou palmito,ou jaca),etc..deixa 20minutos nessa vinagrete e doura no azeite de dendê(obrigatório p moqueca),doura cebola em rodelas,no dendê,junta o ingrediente principal,prova e ajusta o sal, põe uma pimenta fresca(do reino não serve), deixa tampado em qualquer panela(de preferência de barro,mas não altera o sabor,se for em outra não. A vantagem da panela de barro e que e térmica! Depois de uns 15 minutos a 20(depende da chama do fogo),acrescente o leite de coco(natural. Ralado e espremido e coado,e rodelas de pimentão tomate e umas folhinhas de coent

    ResponderExcluir

Olá,
Seja muito bem vindo e obrigada por visitar o meu blog!
Seu comentário será lido e assim que possível respondido neste mesmo post. Por favor assine o seu comentário para que eu possa conhecê-lo também.Obrigada pela visita e volte sempre!

Lori Ellis