Focaccia com Alecrim e Azeitonas

Esta receita é muito boa e eu já fiz varias vezes com coberturas diferentes.Você pode variar os temperos e inventar novos sabores a partir da mesma receita. Eu adoro alecrim e azeitonas. Esta combinação é tudo de bom. Sempre achei que fazer focaccia era muito complicado. Adorava comer, mas nunca tinha feito. Então resolvi experimentar e fiquei surpresa com a facilidade de preparo e muito orgulhosa com o resultado. Agora a focaccia é presença constante aqui em casa. Especialmente no inverno, não tem coisa mais gostosa do que sentir o cheirinho de uma focaccia assando no forno. Na medida do possível utilize ingredientes orgânicos para as suas receitas.
Por Lori Ellis /Veganana



INGREDIENTES

  • 2 e 3/4 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de açúcar granulado
  • 2 colheres de chá de fermento para pão
  • 1 colher de chá de alho em pó
  • 3 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 xícara de água morna
  • alecrim fresco (ou seco) na quantidade que desejar
  • 2 colheres de sopa de queijo parmesão vegano (Clique aqui para ver a receita))
  • 1 colher de sopa de pimentão vermelho picado
  • 1/4 xícara de azeitonas verdes picadas
  • sal e pimenta a gosto



PREPARO

Misture a farinha, o sal, o açúcar, o fermento e o alho em pó e algumas folhas do alecrim fresco cortadas em pedaços pequenos e o queijo parmesão vegano (receita aqui), se for utilizar. Adicione o azeite de oliva e a água. Misture e termine de trabalhar a massa em uma superfície lisa, até  ficar macia. (Eu gosto de usar a batedeira, é fácil e muito rápido e a massa sai prontinha para usar.)

Faça uma bola, unte e coloque para crescer em vasilha untada, coberta com pano úmido em água morna. Pré aqueça o forno a 230°C. Depois de 20 ou 30 minutos, desinfle a massa, abra com os dedos em assadeira untada. Pincele a superfície com azeite de oliva e coloque os pedaços de alecrim fresco e os pedaços de pimentão vermelho e as azeitonas picadas fazendo covinhas na massa com as pontas dos dedos e empurrando os temperos para baixo. Coloque mais folhas de alecrim para decorar a superfície da focaccia. Leve ao forno para assar por uns 20 ou 25 minutos ou até dourar. Faça o teste do palito para ter certeza de que a massa está bem assada.


Espere esfriar um pouco para cortar. Fica deliciosa quente ou fria. Eu adoro quando sobra, parece que no outro dia fica ainda mais gostosa.  


ESTA RECEITA, TEXTO E FOTO PERTENCEM AO BLOG VEGANANA. SE VOCÊ GOSTOU E QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, POR FAVOR POSTE O LINK DO BLOG COMO REFERÊNCIA DE AUTORIA. OBRIGADA!

23 comentários

  1. Minha vida vai mudar!! haha
    Adoro Foccacia, estava mesmo pensando em procurar a receita e aqui está, me deparei com ela por acaso ao navegar no seu blog! Obrigada!!
    Vivian

    ResponderExcluir
  2. Seja bem vinda querida Vivian!!!
    Adorei teus comentarios!
    Obrigada pelo teu carinho!
    Fico muito feliz que gostastes das receitas e do blog.
    Volte sempre amiga, e se tiveres alguma duvida sobres as receitas por favor me escreva que ficarei feliz em poder ajuda-la!
    Me da um retorno se fizeres alguma receita. Estarei abrindo um espaco para voces aqui no blog. Quero postar as receitas que foram feitas por meus seguidores a partir de receitas do meu blog!
    Ja foste la na pagina da Veganana?
    Tem sorteio de Natal por la! Aproveite!!
    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Estrela Paulinha!!
    Me desculpe querida, sem querer teu comentario foi removido. Eu cliquei para publicar e nao sei como sumiu, acho que cliquei no lugar errado sem querer..... queria publicar e responder, mas nao consegui.
    Por favor se voltares aqui, escreva de novo que eu terei o maior prazer em responder e desta vez serei mais cuidadosa onde vou clicar.
    beijos querida, vou ficar esperando que tu me escreva novamente.

    ResponderExcluir
  4. oi...
    nao tem problema ...
    eu escrevo dinovo... :)

    Fiz a sua receita...mas apenas mudei o açucar pela STEVIA. Pois açucar è um veneno...mas ja nao comendo nada de derivados de animais e carnes ja contribuimos com nossa saude e com nossos companheiros de viagem (animais)...e aos poucos diminuimos os outros venenos do dia a dia :)

    bom...ficou uma delicia...receita aprovada e
    Amei o seu blog e as receitas q irei testando escreverei um comentario...
    un bacione grande grande
    grazie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Estrela Paulinha,

      Obrigada por escrever de novo o teu recadinho. Que bom que deu certo e tu gostaste da receita.
      Isto é a prova de que esta receita pode ficar boa mesmo sem usar açúcar, o que é bom demais.

      A quantidade mínima de açúcar que se usa para este tipo de receita serve apenas para ajudar a ativar o fermento e levedar a massa.

      No caso de usares a stevia não deve ter feito nenhuma diferença em relação ao processo de levedação. Mas com certeza foi uma escolha inteligente da tua parte.

      Quando eu faço pão de fermentação lenta não uso nenhum um tipo de açúcar ou gordura e a massa fica sensacional devido ao tempo que fica fermentando.

      Muito obrigada pela visita e pelo teu comentário, volte sempre por aqui amiga!

      abraços

      Lori Ellis

      Excluir
  5. essas introduções, antes de cada receita, é que são chatas pra caramba. as receitas são ótimas, mas podia economizar no bla bla bla. lógico que se foi postada, é porque é boa. talvez se limitasse a dar informações mais precisas, ficaria mais bacana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia amigo (a),
      (Infelizmente não assinaste o comentário, portanto não tenho como te chamar pelo nome...)

      Obrigada pelo comentário e sugestões.

      Isto é uma questão muito pessoal, eu acho legal fazer este pequeno comentário introduzindo a receita e vou continuar fazendo porque isto é apreciado pela grande maioria das pessoas que acompanham o blog e recebo muitos comentários favoráveis sobre a maneira simples que eu escrevo que me coloca mais próxima dos leitores que apreciam e respeitam o meu trabalho.

      As pessoas tem a escolha de ler ou não. Como isto te incomoda tanto, podes ir direto para a receita e ignorar a introdução.

      Já aconteceu comigo de visitar blogs e não gostar da IMENSA introdução.
      Mas não sou obrigada a ler, posso ir direto para a receita se preferir.
      E jamais pensei em escrever para nenhum blog comentando isto, porque eu tenho a escolha de ler ou não sem precisar me afetar a ponto de reclamar com quem escreve o blog.

      Portanto eu sugiro que caso as minhas receitas te agradem, leia apenas as receitas e ignore os comentários que tanto te incomodam.

      Agradeço pelas sugestões, vou aprendendo ao longo do caminho...

      abraços

      Lori Ellis

      Excluir
    2. Cláudia Rezende Morales4 de dezembro de 2014 10:45

      Querida Lori

      Amo o jeitinho com que você nos passa as receitas e lhe dou a maior força para continuar se comunicando com a gente assim. O que eu acho mais legal em você é a maneira supereducada e amável de responder mesmo àqueles que não possuem qualquer noção de elegância. Confesso que eu não teria tanta paciência. Parabéns!

      Excluir
    3. Querida Claudia,

      Que amor, que recadinho mais fofo!!! Obrigada de coração por escrever comentando este assunto. Fiquei feliz demais lendo as tuas palavras, e mais feliz ainda em saber que o meu jeito simples de ser é apreciado por pessoas como tu que tem a sensibilidade de entender e respeitar o que eu faço com tanta dedicação e amor.

      Não se pode agradar a todos, mas o importante é ser a gente mesma e fazer o que nos faz feliz em primeiro lugar.

      Este blog é uma grande paixão para mim, é uma historia que eu vou construindo dia a dia, palavra por palavra, uma historia de amor entre mim, minhas receitas e meus leitores.

      Amo o que eu faço, faço com amor! Procuro manter a classe e elegância acima de tudo, mesmo quando sou provocada, e sei que minha missão é muito maior do que criticas sem muito sentido como esta.

      Quero fazer com que as pessoas que leiam o meu blog se sintam como se estivessem me visitando, na minha cozinha, e se sintam muito a vontade. Por isto procuro escrever as coisas como sinto, da maneira mais simples possível.

      Amei o que escreveste e vou voltar sempre aqui para ler as tuas palavras quando sentir que preciso delas.

      Um grande beijo, obrigada por estar aqui, volte para me visitar sempre que puderes.

      Lori Ellis

      Excluir
  6. Respostas
    1. Bom dia Paula,

      Obrigada pela visita e comentário.
      Um grande abraço para ti querida, volte sempre!

      Lori Ellis

      Excluir
  7. estava procurando uma receita de focaccia.gostaria de saber se depois de coloca-la no tabuleiro ela deve fermentar pela segunda vez ou vai direta ao forno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo (a)

      Não é necessário deixar fermentar novamente depois que colocas no tabuleiro para assar. É muito importante que o forno esteja pré-aquecido para que quando colocares a focaccia já com os temperos para assar ela imediatamente receba o calor do forno.

      O processo de fermentação já aconteceu no primeiro período de pausa antes de a massa ser desinflada e modelada no tabuleiro para assar.

      Pode colocar direto no forno assim que terminares de colocar os temperos em cima da massa.

      Caso fizeres volte aqui pra me contar como ficou, e se tiveres mais alguma duvida é só escrever que eu te ajudo.

      abraços e um ótimo final de semana

      Lori Ellis

      Excluir
    2. ainda vou fazer, depois te digo como ficou.Beijos Maria

      Excluir
    3. Boa noite Maria,

      Quando fizeres por favor volte aqui para me contar como ficou e se gostaste. Vou adorar saber.
      Muito obrigada pelo teu comentário e participação. Volte sempre!

      beijos

      Lori Ellis

      Excluir
  8. Será que posso fazer com farinha integral ou farinha de arroz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite amigo (a),

      Pode fazer com farinha integral ou de arroz se quiser fazer a versão sem glúten. Eu recomendaria se fizeres a versão integral, que use pelo menos uma parte de farinha branca porque senão vai ficar muito pesada, se for feita apenas com farinha integral.
      Quanto a farinha de arroz pode ser misturada com outra farinha sem glúten como de grão de bico, de batata, polvilho ou outra do teu gosto. Eu sempre gosto de misturar as farinhas sem glúten nas receitas porque não gosto muito de fazer só com farinha de arroz porque acho que fica um pouco seca e esfarela, se quebra.
      Espero ter ajudado, se tiver mais alguma dúvida escreve novamente.

      abraços
      Lori Ellis

      Excluir
  9. Olá!
    Fiz hoje a receita. Ficou maravilhosa. No primeiro descanso, mais que dobrou de tamanho.
    Mas depois no forno não cresceu 😞 qual foi o tamanho da forma utilizada?
    Obrigada :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Danda, tudo bem?

      Desculpe não ter respondido a tua pergunta antes. Eu postei a tua mensagem e acabei me perdendo em meio a tantas mensagens que tinha para responder. Somente agora que eu vim aqui responder outra e vi a tua.... fiquei chateada mas de qualquer maneira vou responder e espero que leias a minha resposta.
      Em primeiro lugar quero agradecer por acompanhares o blog e por escrever comentando sobra a tua experiência com a receita.
      Na maioria das vezes eu uso o forno elétrico para as minhas receitas porque é menor e mais prático. O forno do meu fogão é muito grande e não gosto de ligar para fazer poucas coisas ou receitas de pequeno porte.
      No caso desta focaccia eu usei uma travessa de vidro de tamanho médio. Tenho em 3 tamanhos, pequena, média e grande. Usei a do meio. A massa cresce muito bem, não sei o que pode ter acontecido, talvez tenhas colocado em uma forma muito grande ou quem sabe a temperatura do forno não estava adequada.
      Muitos fatores podem influenciar no resultado de uma receita que utiliza fermento como pão, bolo ou neste caso, a focaccia.
      Se a massa cresceu linda na primeira fase é porque a receita foi bem preparada e os ingredientes estavam em perfeitas condições, senão a massa não cresceria.
      Alguma coisa aconteceu na fase final, e talvez tenha sido a forma. A massa ficou fofinha mesmo não tendo crescido ou ficou pesada? Esta resposta pode explicar tudo, porque se mesmo não tendo crescido bem no final, o resultado foi uma focaccia fininha mas com a massa leve e gostosa, é porque deu certo e o problema foi o tamanho da forma.
      Espero de alguma forma ter ajudado e agradeço muito pela tua visita!

      abraços
      Lori Ellis

      Excluir
  10. Já está no forno a minha focaccia, só faltou a azeitona no modo de fazer da receita. Mas coloquei junto com o alecrim e o pimentão. Também espalhei queijo parmesão por cima. A pedido do marido, rsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana, tudo bem?

      A azeitona tu colocas junto com os outros ingredientes da cobertura empurrando um pouco com uma colher para que penetre na massa juntamente com o alecrim e o pimentão. Que bom que fizeste a receita, espero que tenha ficado maravilhosa e que a tua família tenha aprovado.

      Muito obrigada por acompanhar o blog e escrever comentando sobre a receita. Fiquei feliz em receber a tua visita, volte sempre!

      abraços
      Lori Ellis

      Excluir
  11. Olá!
    Receita maravilhosa!
    Onde acho esse queijo parmesão vegano?
    Obrigada! Renata :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata, tudo bem?

      Seja bem vinda amiga! Obrigada por acompanhar o blog e vir me visitar. Puxa, o link da receita do queijo parmesão de castanhas de caju estava com problemas e eu não tinha reparado. Valeu por me avisar, já corrigi.
      O link da receita é este aqui:
      http://blog.veganana.com.br/2014/02/queijo-parmesao-de-castanhas-de-caju.html

      Um grande abraço, obrigada pela visita e comentário que me permitiu corrigir o link na receita. Volte sempre para me visitar!

      Lori Ellis

      Excluir

Olá,
Seja muito bem vindo e obrigada por visitar o meu blog!
Seu comentário será lido e assim que possível respondido neste mesmo post. Por favor assine o seu comentário para que eu possa conhecê-lo também.Obrigada pela visita e volte sempre!

Lori Ellis