Ricota de Castanha de Caju com Ervas

Uma delicia de ricota feita com castanhas e temperada páprica defumada e ervas aromáticas. Perfeita para servir com crackers, torradinhas ou legumes frescos como mostra a foto. Experimente e você vai se surpreender com a facilidade de preparo e o resultado desta receita. Na medida do possível utilize ingredientes orgânicos para as suas receitas. 
Por Lori Ellis /Veganana

Você pode variar a mesma receita usando ervas diferentes para temperar. O nutritional yeast nesta receita é um ingrediente opcional. Se você não tiver, não se preocupe, use os temperos que tiver disponíveis em casa e a sua ricota vai ficar uma delicia. Conserve na geladeira em recipiente de vidro fechado por no máximo 3 dias. Isto se sobrar, aqui em casa nunca dura tanto tempo.

  


INGREDIENTES

  • xícara de castanha de caju crua
  • 1 dente de alho pequeno
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva extra-virgem
  • 1 colher de sopa de Nutritional Yeast (opcional)
  • água filtrada se necessário para dar o ponto
  • 1 colher de chá  de páprica defumada em flocos
  • 1 colher de chá de salsinha desidratada
  • 1 colher de chá de manjericão desidratado
  • 1/2 colher de chá de pimenta caiena (opcional)
  • 1 colher de chá de mostarda em pó (opcional)
  • 1 colher de sopa de suco (sumo, caldo) de limão (limão espremido)


PREPARO

Comece preparando as castanhas. Lave bem e escorra. Coloque em um recipiente de vidro e cubra com água filtrada. Deixe de molho na geladeira por no mínimo 8 horas. Pode colocar a noite e preparar a ricota no dia seguinte. Não tem problema que as castanhas fiquem de molho mais de 8 horas, muito pelo contrario, e bem melhor para o preparo da ricota. Quando as castanhas estiverem prontas, escorra bem e despreze a água do molho. Posicione a peneira em um recipiente para escorrer bem a água

Coloque as castanhas escorridas no processador. Acrescente o alho, o azeite de oliva  e processe ate obter uma massa uniforme. Se for necessário, desligue o processador, empurre a massa de castanhas para baixo com o auxilio de uma espátula. Caso necessite pode colocar um pouco de água filtrada para ajudar a formar a massa e conseguir o ponto desejado. Tempere com sal e pimenta a seu gosto, adicione a mostarda em pó, o limão, o Nutritional Yeast (se for usar), a páprica em flocos e bata mais um pouco. Esta ricota deve ficar bem consistente. Muito cuidado se acrescentar água para não perder o ponto. O ideal é que se consiga modelar uma ricota como mostra a foto. Para isto e necessário consistência firme na massa preparada. Quando a massa da ricota estiver processada, acrescente as ervas aromáticas. Coloque as de sua preferencia, ou se gostar da sugestão que eu fiz, siga as quantidades indicadas.  Apenas misture com a espátula para que as ervas se incorporem a massa da ricota.


Eu usei um recipiente de vidro redondo para modelar a minha ricotinha. Eu não aconselho a colocar em recipiente de plástico. Evite armazenar alimentos em recipientes de plástico na geladeira. Vidro é sempre a melhor escolha. Unte o pequeno pirex de vidro com azeite de oliva e coloque a ricota ajeitando com a espátula. O ideal é colocar aos poucos e ir ajeitando com a espátula  para remover o ar e evitar que fiquem espaços vazios no meio. Tampe o pirex e leve a geladeira por pelo menos 30 minutos antes de desenformar. Caso não queira esperar todo este tempo e não se importe em modelar, pode servir assim mesmo simplesmente colocando em um prato. Mas o bom mesmo é servir bem geladinha e deixar que os temperos incorporem na ricota.

Quando for desenformar, pegue uma faca sem ponta e vá "abrindo" os cantinhos da ricota com a faca para soltar com mais facilidade e desenformar bem inteirinha. Caso quebrar algum cantinho, modele com uma colher ou faca. Decore a seu gosto, você  pode salpicar orégano ou salsinha desidratada, e moer uma pimentinha preta por cima. Use a sua imaginação e faca a sua ricota ficar bem lindinha e saborosa. Pronto, está feita a deliciosa ricota de castanha de caju que pode ser servida com crackers, torradinhas, como recheio de sanduíches, lasanhas vegetais crudivoras, ou mesmo simplesmente servir com legumes e vegetais frescos como eu fiz.

ESTA RECEITA, TEXTO E FOTOS PERTENCEM AO BLOG VEGANANA. SE VOCÊ GOSTOU E QUISER COMPARTILHAR OU PUBLICAR, LINKE DIRETAMENTE A RECEITA ORIGINAL MENCIONANDO OS CRÉDITOS DE CRIAÇÃO. OBRIGADA!

4 comentários

  1. serve colocar um pouco de levedo de cerveja no lugar do nutritional yeast? (eu sei que são parentes mas não são a mesma coisa...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo (a),

      Pode sim, mas por favor coloque bem pouquinho porque o levedo de cerveja é amargo e pode ficar muito acentuado na receita. O ideal é que tu use uma colher de chá apenas para enriquecer o valor nutricional da receita.

      Se fizeres volta para me contar como ficou e se gostaste.
      Um grande abraço, volte sempre para me visitar!

      Lori Ellis

      Excluir
  2. Olá, sou uma admiradora do seu blog. Eu gostaria de te pedir receitas com burgol, tenho muita dificuldade de encontrar na web receitas con este trigo. obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Meimei, tudo bem?

      Seja muito bem vinda e obrigada por acompanhar o blog. Fico feliz que gostas das receitas. As únicas receitas que eu tenho com trigo burgol são saladas e tu podes dar uma olhadinha para ver se gostas. São duas versões de tabule que eu adoro. Tenho que fazer mais receitas como quibe assado e outras opções com o burgol que eu também gosto muito. Se eu descobrir alguma receita legal eu te mando por aqui o link. Veja o link abaixo as duas receitas de salada que eu tenho no blog.

      http://blog.veganana.com.br/search?q=burgol+

      Um grande abraço, obrigada pela visita, volte sempre!
      Lori Ellis

      Excluir

Olá,
Seja muito bem vindo e obrigada por visitar o meu blog!
Seu comentário será lido e assim que possível respondido neste mesmo post. Por favor assine o seu comentário para que eu possa conhecê-lo também.Obrigada pela visita e volte sempre!

Lori Ellis